Antônio de Lacerda Franco

ANTÔNIO DE LACERDA FRANCO
(82 anos)
Político

* Itatiba, SP (13/06/1853)
+ São Paulo, SP (19/05/1936)

Antônio de Lacerda Franco foi um político brasileiro. Filho do Barão de Araras e de sua prima Manuela Assis de Cássia Franco.

Antonio de Lacerda Franco foi vulto de influência na vida política, social e cívica de Santos. Bateu-se com altivez pelo reconhecimento do sistema republicano, podendo-se dizer que foi um dos seus principais prosélitos em Santos.

Também foi abolicionista. Aliás, Quintino de Lacerda fora seu escravo, que o libertara espontaneamente e de quem o administrador do Quilombo do Jabaquara se tornara amigo dileto e incondicional.

Logo após a proclamação da República, o povo aclamou uma junta governativa para administrar o Município e o primeiro nome escolhido foi o de Antônio de Lacerda Franco que, ao lado de Antônio Carlos da Silva Teles, José Azurém Costa Júnior, Ernesto Cândido Gomes, Walter Wright, Guilherme José Alves Souto e Manuel Franco de Aguiar Viana, passou a dirigir Santos desde os primeiros instantes da proclamação do novo regime. Mais tarde, foi ele eleito senador, em cujo posto deu alentados exemplos de altivez e independência de ação.

Transferindo-se muito jovem para Araras, SP, aí se dedicou à agricultura e à política local. Ardoroso defensor das idéias republicanas fundou nessa cidade, o Partido Republicano, sendo eleito vereador e presidente da câmara em várias legislaturas. Logo após proclamada a República foi para a capital paulista e fez parte da Comissão Permanente do Partido a que se filiara definitivamente.


Eleito senador estadual em 1892, conservou-se nesse posto por longos anos, só o deixando quando eleito para a senadoria federal. Fora da política agiu sempre com grande eficiência, fundando e presidindo o Banco União, a Companhia Telefônica Brasileira e cooperando para a fundação da Escola de Comércio Alvares Penteado e do Conservatório Dramático e Musical.

Presidiu ainda várias companhias industriais e dirigiu o "Correio Paulistano". À Santa Casa de Misericórdia prestou notáveis serviços como mesário, escrivão e provedor, cargos que desempenhou sucessivamente desde 1894 até os últimos dias de sua vida.

Fundou em Sorocaba, SP, a fábrica têxtil Votorantim, que, em 1917, após a falência do Banco União, foi adquirida em leilão pelo português António Pereira Inácio e pelo italiano Nicola Scarpa. Naquele mesmo ano, Nicola Scarpa vendeu sua quota-parte a Pereira Inácio, que seria em 1925 substituído pelo seu genro, José Ermírio de Morais.

Antônio de Lacerda Franco foi senador da República de 1924 a 1930 e também prestou importantes serviços à Associação Comercial de Santos, de que foi presidente no biênio de 1887-1888.

Fonte: Wikipédia e Veja Santos! (2ª edição, 1975, Santos,SP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!