Lady Francisco

LEYDE CHUQUER VOLLA BORELLI FRANCISCO DE BOURBON
(84 anos)
Atriz, Produtora e Diretora

☼ Belo Horizonte, MG (07/01/1935)
┼ Rio de Janeiro, RJ (25/05/2019)

Leyde Chuquer Volla Borelli Francisco de Bourbon, mais conhecida como Lady Francisco, foi uma atriz, produtora e diretora nascida em Belo Horizonte, MG, no dia 07/01/1935.

Lady Francisco era uma das três filhas de Mathilde e José Francisco, que era descendente de espanhóis, italianos e sírios e trabalhava como mascate. Depois de vender mercadorias de porta em porta, abriu uma loja de artigos infantis em Belo Horizonte chamada Casa do Guri, e tornou-se rico e influente.

Seu casarão no bairro nobre Floresta era frequentado por políticos, pelo prefeito, governador e senadores da República. Até mesmo o então deputado federal Juscelino Kubitschek era íntimo de seu pai. Por causa dessas ocasiões, o comerciante obrigava as filhas a se apresentarem muito bem vestidas.

Lady Francisco relatou que sofria bullying de sua própria mãe, que a considerava a mais feia das irmãs. Na época, a menina apresentava um comportamento agitado e tinha desmaios que eram atribuídos a uma suposta mediunidade. Isso fez com que seus pais a levassem a consultas com um psiquiatra, em cujo consultório era submetida a choques elétricos.

Mesmo tendo passado por aquelas experiências na infância, foi aeromoça e depois radialista. Participava também de concursos de beleza, em que conquistou diversos títulos, antes de tornar-se atriz na TV Itacolomi, pertencente ao grupo Diários Associados, de Assis Chateaubriand, que era amigo do seu pai e também frequentava a mansão da família.


Com cerca de vinte anos, Lady Francisco chegou a marcar casamento com um engenheiro, mas no dia da cerimônia descobriu que ele já tinha outra família. Não houve o casamento, mas passaram a viver juntos e tiveram dois filhos, Oscar Victor e Andrea. Separaram-se quando ela foi para o Rio de Janeiro em 1972, sozinha, para ingressar na TV Tupi e depois na TV Globo.

Nessa época, seu pai havia perdido quase toda a fortuna no jogo, perdendo as propriedades para pagar as dívidas, ficando a família praticamente na miséria.

Lady Francisco foi para o Rio de Janeiro decidida a vencer na carreira artística, e teve um começo muito difícil na cidade, chegando a ser assaltada e viver de favores, mas sempre ia para a porta da TV Tupi, até que um dia foi chamada para compor o júri do programa de Flávio Cavalcanti.

Sua trajetória a levou depois para a TV Globo onde, conta ela, chegou a sofrer abusos sexuais de um diretor de TV que ela só revela o nome se ele morrer primeiro. A atriz revelou também que sofreu um abuso sexual ainda mais pavoroso, tendo sido estuprada por quatro homens na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, ao desembarcar de um táxi. Um mês depois descobriu que estava grávida e realizou um aborto.

Lady Francisco nunca se casou, depois do relacionamento que teve em Belo Horizonte com o pai de seus filhos. Ela revelou que seu único "caso" mais sério foi com o dramaturgo Dias Gomes, depois que sua esposa e também dramaturga Janete Clair morreu.

Sua maior paixão, segundo relatou, foram os animais, pelos quais se declarava "violentamente apaixonada".


Para defender os animais e idosos, chegou a se candidatar a Deputada Estadual pelo Rio de Janeiro pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Lady Francisco começou a carreira artística na sua cidade natal, Belo Horizonte, no rádio e na TV Itacolomi, do grupo Diários Associados.

Entre 1972 e 1973, já na cidade do Rio de Janeiro, atuou na novela "Jerônimo, o Herói do Sertão" na TV Tupi. Depois transferiu-se para a TV Globo, onde atuou na novela "A Escrava Isaura" (1976), "Marrom Glacê" (1979), "Baila Comigo" (1981) e "Louco Amor" (1983).

Entre 2015 e 2016, participou da série "República do Peru", exibida pela TV Brasil em 26 episódios. Sua última participação na televisão foi em "Malhação: Vidas Brasileiras" (2018), da TV Globo.

Sua estreia no cinema deu-se na década de 1970, atuando nos filmes "Um Varão Entre as Mulheres" (1974), "O Padre Que Queria Pecar" (1975), "O Crime do Zé Bigorna" (1977) e "Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia" (1977). Também participou na direção de "O Preço do Prazer" (1979).

Na década de 1980, atuou em "Anjos do Sexo" (1981), que também co-dirigiu, "Os Rapazes das Calçadas" (1981), "Profissão Mulher" (1982) e "Punk - Os Filhos da Noite" (1986).

Seu último trabalho no cinema foi em 2019, no filme "Goitaca".

Música

A música brasileira já presenciou vários casos de canções que servem de referência e inspiração para novas composições. É o caso de "A Moça do Fuscão", curiosamente gravada pela atriz Lady Francisco em 1983, logo após o sucesso do Almir Rogério com "Fuscão Preto".

A música foi lançada num compacto simples da gravadora CID com poster Lady Francisco.

Morte

Em abril de 2019, Lady Francisco sofreu uma queda em sua casa, fraturando o fêmur. Em 02/05/2019 foi internada em um hospital na Barra da Tijuca para realizar um tratamento para correção da fratura, mas sofreu complicações respiratórias e precisou ser transferida para a UTI.

Três semanas depois da internação, o quadro clínico se agravou por causa de uma isquemia, tendo sido submetida a uma traqueostomia.

Lady Francisco faleceu na tarde de sábado, 25/05/2019, vítima de falência múltipla de órgãos, decorrente de isquemia enteromesentérica (transtorno vascular agudo dos intestinos).

Francisco Cuoco e Lady Francisco
Carreira

Televisão
  • 2018 - Malhação: Vidas Brasileiras ... Lorraine
  • 2015 - República do Peru ... Arlete
  • 2015 - Totalmente Demais ... Fátima
  • 2014 - Geração Brasil ... Marlene
  • 2013 - Saramandaia ... Silmara, a Mulher Barbada
  • 2013 - Louco Por Elas ... Loretta
  • 2012 - Cheias de Charme ... Madame Kastrup
  • 2009 - Chamas da Vida ... Safira
  • 2007 - Duas Caras ... Odete
  • 2005 - Alma Gêmea ... Generosa
  • 2000 - Marcas da Paixão ... Marinalva
  • 1998 - Por Amor ... Madame Consuelo
  • 1997 - O Amor Está no Ar ... Candoca Guimarães Ribeiro (Candê)
  • 1995 - Explode Coração ... Carmem
  • 1992 - As Noivas de Copacabana ... Dona da pensão onde Maryrose morava
  • 1990 - Barriga de Aluguel ... Yara
  • 1984 - Transas e Caretas ... Liana
  • 1983 - Louco Amor ... Gisela
  • 1981 - Baila Comigo ... Ondina
  • 1979/1982 - Os Trapalhões ... Vários Personagens
  • 1979 - Marron Glacê ... Eleonora
  • 1979 - Plantão de Polícia
  • 1978 - Pecado Rasgado ... Helena / Wânia
  • 1978 - O Pulo do Gato ... Regina
  • 1977 - Locomotivas ... Carla Lambrini
  • 1976 - Escrava Isaura ... Juliana
  • 1976 - O Feijão e o Sonho ... Tude
  • 1975 - Pecado Capital ... Rose
  • 1975 - Cuca Legal ... Berta Lammar
  • 1972 - Jerônimo, o Herói do Sertão ... Suzana / Ana Beatriz

Cinema
  • 2017 - Goitaca ... Mãe Ci/Iara - Mãe d'água
  • 2017 - Ódio ... Estela
  • 2010 - A Casa Errada ... Velha
  • 1987 - Sexo Selvagem dos Filhos da Noite
  • 1985 - O Verdadeiro Amante Sexual ... Marta
  • 1984 - Amenic - Entre o Discurso e a Prática
  • 1984 - Aguenta, Coração ... Tutuca
  • 1982 - Punk's - Os Filhos da Noite
  • 1982 - Profissão Mulher ... Vera
  • 1981 - Anjos do Sexo ... Lourdes
  • 1981 - Rapazes da Calçada ... Luís
  • 1979 - Uma Estranha História de Amor Mônica
  • 1979 - Viúvas Precisam de Consolo ... Dolores
  • 1979 - O Preço do Prazer
  • 1979 - Os Foragidos da Violência ... Paula
  • 1978 - Os Melhores Momentos da Pornochanchada ... Ela Mesma
  • 1978 - Desejo Violento
  • 1977 - Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia ... Lígia
  • 1977 - O Crime do Zé Bigorna ... Marlene
  • 1975 - Com as Calças na Mão ... Mulher no Bar
  • 1975 - O Roubo das Calcinhas ... Kátia
  • 1975 - O Padre Que Queria Pecar ... Mulher do Síndico
  • 1975 - As Deliciosas Traições do Amor Petúnia
  • 1975 - As Loucuras de um Sedutor
  • 1974 - Um Varão Entre as Mulheres ... Sandra

Fonte: Wikipédia
Indicação: Patrícia Veras
#FamososQuePartiram #LadyFrancisco

Um comentário:

  1. Desceram as cortinas, que Deus receba com honra e glória está maravilhosa atriz 😭

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!