Isolda Cresta

ISOLDA DA COSTA PINTO
(79 anos)
Atriz

* Rio de Janeiro, RJ (18/06/1929)
+ Rio de Janeiro, RJ (04/04/2009)

Isolda Cresta, algumas vezes creditada como Isolda Creste, teve participação importante na vida teatral carioca, tendo trabalhado com nomes como Paulo Autran e Procópio Ferreira.

Era formada pela Fundação Brasileira de Teatro (FBT), Escola de Artes Cênicas fundada em 1955 pela atriz Dulcina de Moraes, responsável pela profissionalização de várias gerações de artistas.

Em 1965, Isolda Cresta participava do espetáculo "Electra", com o Grupo Decisão. Em certa tarde, o teatro foi invadido pela polícia que prendeu o autor por incitação contra o regime, cumprindo ordens dos militares. Semanas mais tarde, Isolda Cresta foi detida pela polícia após uma apresentação. Ela foi presa por ter lido, na véspera, um manifesto contra a intervenção na República Dominicana.

Ela participou de importantes trabalhos no teatro, como as peças "Gota D'Água", "Bocage", "Electra", "Romanceiro da Inconfidência", "O Burguês Fidalgo".

No cinema, Isolda Cresta participou dos filmes "Viagem Aos Seios de Duilia" (1964), "A Rainha Diaba" (1974), "O Segredo da Rosa" (1974), "A Noiva da Cidade" (1979) e "O Homem da Capa Preta" (1986).

Na TV, Isolda Cresta participou de "O Bem Amado" (1973), "Escalada" (1975), "Pecado Capital" (1975), "O Feijão e o Sonho" (1976), "Duas Vidas" (1976) e "Bandidos da Falange" (1983) na TV Globo e da minissérie "Capitães da Areia" (1989) na TV Bandeirantes.

Em 2005, participou do vídeo "Chá! Ou Capota Mas Não Breca", ao lado de suas amigas Maria Lúcia Dahl, Maria Regina e Thaís Portinho. O vídeo foi uma produção de Carolina Teresa Zampar, José Marques Neto e Ayrton Luiz Baptista Junior.


Morte

Isolda Cresta faleceu no Hospital Ordem Terceira do Carmo, no centro do Rio de Janeiro, em 04/04/2009, vítima de infarto. Ela tinha 79 anos e deixou uma filha, quatro netos e três bisnetos.


Televisão

  • 1989 - Capitães da Areia
  • 1986 - Tudo ou Nada ... Adalgisa
  • 1984 - A Máfia no Brasil
  • 1983 - Bandidos da Falange ... Mãe de Rita
  • 1979 - Marron Glacê
  • 1976 - Duas Vidas ... Vera
  • 1976 - O Feijão e o Sonho ... Dona Aparecida
  • 1975 - Pecado Capital ... Mafalda
  • 1975 - Escalada ... Serafina
  • 1973 - O Bem-Amado ... Nancy

Cinema

  • 1964 - Viagens Aos Seios de Duília
  • 1965 - Um Ramo Para Luiza
  • 1974 - A Rainha Diaba
  • 1974 - O Segredo da Rosa
  • 1975 - O Monstro de Santa Teresa
  • 1977 - O Desconhecido
  • 1978 - O Namorador
  • 1979 - A Noiva da Cidade ... Dona Chiquinha
  • 1982 - Dôra Doralina
  • 1984 - Amor Maldito
  • 1986 - O Homem da Capa Preta

Fonte: Wikipédia e SP Escola de Teatro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!