Lícia Magna

ALCINA MIRANDA TETEMBERG
(98 anos)
Atriz

* São Domingos de Caratinga, MG (22/02/1909)
+ Rio de Janeiro, RJ (03/07/2007)

Alcina Miranda Tetemberg, mais conhecida pelo nome artístico de Licia Magna, veio para o Rio de Janeiro com 5 anos de idade com o avô. Ela sempre disse ser mais carioca do que mineira.

Foi radioatriz das rádios Cruzeiro do Sul, Roquete Pinto, Mayrink Veiga, Nacional e Globo.

Conduziu o primeiro programa no Rio: "Histórias da Tia Lícia", na TV Tupi.

Estreou na TV Rio e TV Excelsior, em 1965.

Por meio de testes, ingressou na Rede Globo e participou de novelas, shows, humorísticos, casos especiais, casos verdade e programas diversos, como o "Você Decide", destacando o teleteatro "A Morte do Caixeiro Viajante".

Trabalhou em inúmeras novelas, tais como "Véu de Noiva", "Verão Vermelho", "O Homem que deve Morrer", "Selva de Pedra", "Carinhoso", "Fogo Sobre Terra", "Bravo", "O Feijão e O Sonho", "Maria Maria", "Pai Herói", "Água Viva", "Coração Alado", "As Três Marias", "Jogo da Vida", "Sétimo Sentido", "Roque Santeiro", "Fera Radical", "A Próxima Vítima", "Kubanacan" e "A Diarista".

No cinema, Lícia atuou em produções prestigiadas como O Assalto ao Trem Pagador, Copacabana Me Engana, Dona Flor e Seus Dois Maridos e O Beijo no Asfalto.

Era uma das mais antigas funcionárias da TV Globo.

Licia Magna faleceu aos 98 anos. Ela estava internada no Hospital Copa D´Or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, e teve Falência Cardíaca.

Fonte: Dramaturgia Brasileira - In Memoriam

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!