Luís Delfino

LUÍS DELFINO
(83 anos)
Ator e Humorista

☼ Ouro Preto, MG (31/05/1921)
┼ Rio de Janeiro, RJ (25/05/2005)

Luís Delfino foi um ator e humorista brasileiro nascido em Ouro Preto, MG, no dia 31/05/1921. Ele entrou para o mundo das artes em 1946.

Luís Delfino era tio da atriz Maria Cláudia, e foi casado por mais de 10 anos com a cantora Marlene, Rainha da Rádio Nacional, com quem teve seu único filho, Sérgio Henrique.

Como comediante, integrou o elenco de vários programas humorísticos da TV Globo, trabalhando com Chico Anysio e Jô Soares em seus respectivos programas, "Chico City" e "Viva o Gordo", além de "Satiricom" e "Planeta dos Homens".

Luís Delfino fez parte também do elenco de apoio da "Escolinha do Professor Raimundo" na década de 1990, como o Xavier, o diretor da escola que tinha um tique nervoso "coça-coça".

Casou-se, em 1952 com a cantora Marlene, na Igrejinha do Outeiro da Glória. A cerimônia foi um acontecimento. Luiz DelfinoMarlene tinham se conhecido apenas três meses antes, durante a filmagem de "Tudo Azul", dirigido por Moacyr Fenelon.

Ao lado da cantora Marlene, Luiz Delfino, trabalhou em várias comédias no cinema e no teatro.

No rádio, na década de 50, dentre outros programas, Luiz Delfino trabalhou na Rádio Nacional no programa que consagrou Marlene e que tinha transmissão televisiva, intitulado "Marlene, Meu Bem", idealizado e produzido por Mário Lago, também autor da música-tema do programa, que apresentava esquetes satíricas da vida conjugal do casal.

Entre seus trabalhos mais populares na televisão, destacam-se a minissérie "Anos Dourados" (1986), "Viva o Gordo", "Linguinha", série infantil protagonizada por Chico Anysio de 1971 a 1972, "Escolinha do Professor Raimundo", "Chico Anysio Show", "Os Trapalhões", além de algumas participações no "Sítio do Pica-Pau Amarelo", todos na TV Globo.

No cinema, atuou em alguns filmes como "Mulher do Diabo" (1952), "Com o Diabo no Corpo" (1952), entre outros.

Seu último trabalho realizado na TV Globo foi no programa humorístico "Chico Total", em 1996.

Luís Delfino morreu na tarde de quarta-feira, 25/05/2005, no Rio de Janeiro, RJ, aos 83 anos. A causa da morte não foi informada.

Renato Corte Real e Luis Delfino
Cinema

  • 1975 - As Deliciosas Traições do Amor
  • 1974 - O Comprador de Fazendas
  • 1972 - Ali Babá e os Quarenta Ladrões
  • 1958 - O Cantor e o Milionário
  • 1952 - Com o Diabo no Corpo
  • 1952 - O Canto da Saudade
  • 1952 - Tudo Azul

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!