Aroldo Melodia

AROLDO FORDE
(78 anos)
Cantor e Compositor

☼ Rio de Janeiro, RJ (19/04/1930)
┼ Duque de Caxias, RJ (02/07/2008)

Aroldo Forde, mais conhecido como Aroldo Melodia foi um compositor e intérprete de samba-enredo brasileiro.

Aroldo Melodia pode ser considerado o pai de um tipo de puxador de samba: o "enterteiner", um animador de público e da escola, avô dos atuais MC’s (mestres-de-cerimônias na cultura hip-hop). Antes, havia dois tipos: um cantor profissional que, na época de carnaval, defendia um samba-enredo na avenida, Jamelão, Jorge Goulart, Elza Soares, Pery Ribeiro, Marlene, Roberto Ribeiro, e um sambista da comunidade, que dava a largada nas primeiras viradas do samba no desfile, Noel Rosa de Oliveira no Salgueiro, Garganta de Ferro na Vila Isabel, Silvinho do Pandeiro na Portela.

É neste cenário que chega Aroldo Forde, apelidado "Melodia" graças ao vozeirão e a pecha de compositor moldada nas rodas de samba e gafieiras da Ilha do Governador. Aroldo Melodia passou por diversos blocos carnavalescos do outro lado da Baía de Guanabara (Guerreiros da Ilha e Boi da Ilha) até chegar à União da Ilha do Governador na época em que desfilava na Praça XI.

Aroldo Melodia foi um dos protagonistas da projeção e da fase áurea que a escola tricolor teve - da segunda metade dos anos 70 até a primeira metade da década de 80 - quando consagrou o estilo bom, bonito e barato de fazer carnaval, apesar de nunca ter conquistado um título no Grupo Especial.


Aroldo Melodia foi responsável por instituir os hoje obrigatórios gritos de empolgação tanto para a escola que desfila quanto para o povo que assiste. Após marcar sua passagem na União da Ilha, Aroldo Melodia também emprestou seu talento à Mocidade Independente de Padre Miguel, Acadêmicos de Santa Cruz, Caprichosos de Pilares, Unidos da Ponte e até na pequena Camisolão, de São Gonçalo. Em 1986, foi contemplado com um Estandarte de Ouro de "Melhor Puxador".

Conhecido pelo grito famoso "Segura a marimba!", foi enredo da Lins Imperial em 2003, intitulado "Segura Marimba, Aroldo Melodia Vem Aí!".

A trajetória de Aroldo Melodia foi interrompida devido a um derrame sofrido logo após o carnaval de 1996, o que obrigou o velho intérprete a andar de cadeira de rodas e se afastar do microfone no desfile principal. Seu último registro fonográfico está presente no CD do Grupo de Acesso de 2006, em que gravou, com Rixxah, a faixa da escola de samba Flor da Idade.

Aroldo Melodia e Jamelão
Morte

Aroldo Melodia faleceu em 02/07/2008, vítima de falência múltipla dos órgãos causadas por insuficiência cardíaca e respiratória. Seu estilo deixou diversos discípulos, entre eles, seu filho Acraílson Forde mais conhecido como Ito Melodia, que começou como apoio de seu próprio pai.

Fonte: Sambario e Wikipédia
Indicação: Miguel Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!