sábado, 14 de novembro de 2009

Herval Rossano

HERVAL ROSSANO
(72 anos)
Ator e Diretor de TV

* Campos dos Goytacazes, RJ (23/04/1935)
+ São Paulo, SP (09/05/2007)

Ator e Diretor, era filho de um advogado e uma dona de casa. Galã dos anos 50 e 60 e diretor de tevê nacional que mais novelas vendeu para o exterior, Herval Rossano começou a vida profissional vendendo livros por reembolso postal.

Um dia, Herval Rossano, foi parar na livraria da Casa do Estudante do Brasil, onde conheceu pessoas ligadas ao teatro amador. O rapaz começou a participar, então, de várias peças do Movimento Artístico Beneficente, grupo amador de prestígio na época.

O teatro profissional surgiu em seguida, com a Companhia de Comédias João Rios. Com o grupo, Herval Rossano atuou de contra-regra a maquinista, tendo depois a oportunidade de fazer pequenos papéis.

O primeiro filme que fez foi "Luzes Nas Sombras" (1952), em uma participação muito pequena, quase como um teste. Aos 17 anos, conseguiu um bom papel no filme "Destino" (1952), de Samuel Markenson. As portas do cinema aos pouquinhos se abriam. Foi quando Antônio Olinto o ajudou financeiramente para que fosse para São Paulo, onde o centro cinematográfico brasileiro estava localizado. Pouco depois, Herval Rossano estava pertencendo ao cast fixo da Multifilmes, onde fez alguns filmes ao lado de Eva Wilma, Procópio Ferreira e Maria Vidal.


A volta ao teatro se deu por meio da companhia de Dercy Gonçalves e posteriormente na companhia de Bibi Ferreira, com quem trabalhou até os 22 anos. Nessa época, Herval Rossano foi para Portugal, onde foi considerado o galã jovem da moda.

De volta ao Brasil, Herval Rossano teve a sorte de trabalhar com verdadeiros magos da arte de fazer teatro de comédias.

A televisão entrou na sua vida como a grande paixão. Paralelamente fez algumas peças teatrais e filmes, mas a TV era para ele o veículo mais importante.

Em 1964, casado com Doris Guerrero, da dupla Doris & Rossie, uma chilena e pai de três filhos, Herval Rossano mudou-se para o Chile, onde trabalhou inicialmente como diretor de programação de uma rádio. Em pouco tempo estava dirigindo programas de grande importância na televisão da Universidade Católica do Chile, como "Antología Del Cuento", "El Teatro Del Cuento Calaf", "El Litre", entre muitos outros.

Herval Rossano e Doris Guerrero com Elizabeth Eugenia e Henrique Daniel (Herval Rossano filho, na barriga)
O difícil relacionamento no casamento e as saudades do Brasil fizeram-no retornar ao Rio de Janeiro. Foi convidado a atuar na novela "Pigmalião 70" (1970). Como atuar não era o que ele realmente queria, resolveu aprender a arte da edição, enquanto esperava uma oportunidade. Ainda como ator, participou de "Fogo Sobre Terra" (1974), "Cuca Legal" (1975) e "À Sombra dos Laranjais" (1977).

Em 1971, Herval Rossano atuou como Diretor-Geral de Programação da TV Tupi, e, no ano seguinte, era Diretor de Programação da TV Globo em Belo Horizonte. Em 1973, a Rede Globo o convidou para viver um argentino na novela "Carinhoso" (1973).

Em sua carreira como diretor, teve a oportunidade de realizar novelas que retrataram diferentes aspectos sociais brasileiros. O Rio de Janeiro do século XIX foi exposto em "Helena" (1975), "O Noviço" (1975) e "Senhora" (1975). Os ideais de liberdade foram abordados em "Escrava Isaura" (1976); a luta pela sobrevivência em "O Feijão e o Sonho" (1976), e o retrato da típica família brasileira em "Vejo a Lua no Céu" (1976). A Ilha de Paquetá encantou ainda mais a belíssima "A Moreninha" (1975), de Joaquim Manuel de Macedo. E ainda houve novelas de sucesso, como "À Sombra dos Laranjais" (1977), também atuando, e "Dona Xepa" (1977). Em meados dos anos 80 dirigiu diversas novelas na Rede Manchete.


Herval Rossano e Mayara Magri
Herval Rossano ficou, em 2001, oito meses sem poder andar, em casa, onde um mini-hospital foi montado por causa de um enfarto que quase o matou. Em 2002 terminou o casamento de 27 anos com a atriz Nívea Maria, com quem teve uma filha, Vanessa. Casou-se com  Mayara Magri em 2005.

Em 2003, foi dispensado da Rede Globo, empresa para qual fez importantes trabalhos. Sem trabalho, investiu numa peça teatral chamada "Fica Combinado Assim" onde trabalhou com a jovem atriz Laura Proença.

Sob a insistência de sua última companheira, a atriz Mayara Magri, aceitou o convite da TV Record, onde produziu a nova versão de "A Escrava Isaura" (2004), novela que ele também havia dirigido na Globo em 1976. A trama fez muito sucesso, e logo despertou interesse na Bandeirantes em ter o profissional em sua equipe. Então, em 2005, Herval Rossano se transferiu para a Bandeirantes que, porém, não chegou a fechar orçamentos para produções de novas novelas, deixando o diretor em casa.

Em 2006, o diretor pediu rescisão de seu contrato com a Bandeirantes para assumir o núcleo geral de teledramaturgia do SBT, no complexo Anhanguera, com carta branca de Sílvio Santos.

Como diretor de núcleo geral de teledramaturgia do SBT, a primeira tarefa de Herval Rossano foi fazer mudanças na produção da novela "Cristal" (2006), auxiliado pela mulher, a atriz Mayara Magri, que se tornou assistente de direção da trama.

Em julho de 2006, Silvio Santos o afastou da novela "Cristal", mas manteve seu contrato, para que o diretor pudesse cuidar da saúde.


Morte

Herval Rossano morreu na quarta-feira, 09/05/2007, aos 72 anos. Ele sofria de problemas cardíacos e morreu enquanto dormia em sua casa, em São Paulo.

O diretor havia se mudado para a capital paulista, deixando o Rio de Janeiro, para viver com sua mulher, a atriz Mayara MagriHerval Rossano deixou quatro filhos. Foi cremado no Crematório da Vila Alpina, na cidade de São Paulo.


Cinema (Ator)

  • 1952 - Luzes Nas Sombras
  • 1952 - Destino
  • 1953 - O Homem Dos Papagaios
  • 1953 - Balança Mas Não Cai
  • 1954 - A Sogra
  • 1954 - O Craque
  • 1959 - Titio Não é Sopa
  • 1959 - Maria 38
  • 1959 - Eu Sou O Tal
  • 1959 - Dona Xepa
  • 1959 - Trágica Mentira
  • 1960 - A Viúva Valentina
  • 1961 - Samba Em Brasília
  • 1961 - Quiero Morir En Carnaval
  • 1962 - Três Colegas De Batina
  • 1962 - Assassinato Em Copacabana
  • 1963 - Sonhando Com Milhões
  • 1963 - Quero Essa Mulher Assim Mesmo
  • 1965 - No Tempo Dos Bravos
  • 1975 - O Casal
  • 1975 - Amantes, Amanhã Se Houver Sol

Televisão (Ator)

  • 1998 - Era uma vez... (Rede Globo)
  • 1997 - A Justiceira (Série - Episódio "Balas Perdidas")
  • 1991 - Salomé (Novela, Rede Globo)
  • 1989 - República (Minissérie, Rede Globo)
  • 1987 - Bambolê (Novela, Rede Globo)
  • 1986 - Dona Beija (Novela, Rede Manchete)
  • 1985 - A Gata Comeu (Novela, Rede Globo)
  • 1984 - Padre Cícero (Minissérie, Rede Globo)
  • 1980 - As Três Marias (Novela, Rede Globo)
  • 1977 - À Sombra dos Laranjais (Novela, Rede Globo)
  • 1975 - Na Roda Vida da Vida (Caso Especial, Rede Globo)
  • 1975 - Cuca Legal (Novela, Rede Globo)
  • 1974 - A Cartomante (Caso Especial, Rede Globo)
  • 1974 - Fogo Sobre Terra (Novela, Rede Globo)
  • 1973 - Carinhoso (Novela, Rede Globo)
  • 1970 - Assim Na Terra Como No Céu (Novela, Rede Globo)
  • 1970 - Pigmalião 70 (Novela, Rede Globo)
  • 1968 - El Litre (Série - UCTV)

Teatro (Ator)

  • O Segredo do Padre Jeremias
  • São Jorge Guerreiro
  • A Mulher Que Veio De Londres
  • A Ditadora
  • Amor E Perdição
  • Uma Certa Viúva
  • Diabinho De Saias
  • A Herdeira
  • Senhora
  • Senhorita Barba Azul
  • Divórcio
  • Beija-Me E Verás
  • Depois Do Casamento
  • Meu Bebê
  • O Avarento
  • Deus Lhe Pague
  • Lotária
  • O Freguês Da Madrugada
  • A Valsa De Aniversário
  • A Morte Do Caixeiro Viajante
  • O Vale De Electra
  • Karla
  • Só Para Divertir
  • Fica Combinado Assim

Diretor

  • 1958 - Uma Produção Musical De Herval Rossano (Musical, TV Tupi)
  • 1959 - Grande Teatro Leões (Semanal, TV Tupi)
  • 1963 - Praça Onze (Semanal, TV Rio)
  • - Teleteatro De Los Lunes (Semanal, UCTV)
  • - Antologia Del Cuento (Semanal, UCTV)
  • Teatro Del Cuento Calaf (Infantil Semanal, UCTV)
  • 1966 - Esta Mujer Eres Tú (Série, UCTV)
  • 1967 - Los Dias Jóvenes (Novela, UCTV)
  • 1968 - Altitud 3200 Metros (Novela, UCTV)
  • 1975 - Helena (Novela, Rede Globo)
  • 1975 - O Noviço (Novela, Rede Globo)
  • 1975 - Senhora (Novela, Rede Globo)
  • 1975 - A Moreninha (Novela, Rede Globo)
  • 1976 - Vejo A Lua No Céu (Novela, Rede Globo)
  • 1976 - O Feijão E O Sonho (Novela, Rede Globo)
  • 1976 - Escrava Isaura (Novela, Rede Globo)
  • 1977 - À Sombra Dos Laranjais (Novela, Rede Globo)
  • 1977 - Dona Xepa (Novela, Rede Globo)
  • 1977 - Sinhazinha Flô (Novela, Rede Globo)
  • 1978 - Maria, Maria (Novela, Rede Globo)
  • 1978 - A Sucessora (Novela, Rede Globo)
  • 1979 - Super Bronco (Série Semanal, Rede Globo)
  • 1979 - Cabocla (Novela, Rede Globo)
  • 1980 - Marina (Novela, Rede Globo)
  • 1980 - Olhai Os Lírios Do Campo (Novela, Rede Globo)
  • 1981 - Ciranda De Pedra (Novela, Rede Globo)
  • 1981 - Terras Do Sem Fim (Novela, Rede Globo)
  • 1982 - La Gran Mentira (TVN, Chile)
  • 1982 - Vanessa (Novela - Televisa, México)
  • 1983 - El Juego De La Vida (Novela - TVN, Chile)
  • 1985 - A Gata Comeu (Novela, Rede Globo)
  • 1986 - Dona Beija (Novela, TV Manchete)
  • 1986 - Novo Amor (Novela, TV Manchete)
  • 1986 - Tudo Ou Nada (Novela, TV Manchete)
  • 1986 - Mania De Querer (Novela, TV Manchete)
  • 1989 - Pacto De Sangue (Novela, Rede Globo)
  • 1991 - Salomé (Novela, Rede Globo)
  • 1991 - O Portador (Minissérie, Rede Globo)
  • 1994 - Caminhos cruzados (Novela - Televisa, México)
  • 1996 - Quem É Você? (Novela, Rede Globo)
  • 1999 - Aconteceu (Piloto Nunca Exibido, Rede Globo)
  • 2001 - Um Capricho... História De Carnaval (Brava Gente - Rede Globo)
  • 2002 - O enterro da cafetina (Brava Gente - Rede Globo)
  • 2003 - O Dia Do Orgasmo (Brava Gente - Rede Globo)
  • 2004 - A Escrava Isaura (Novela, Rede Record)
  • 2006 - Cristal (Novela, SBT)

Fonte: Wikipédia

2 comentários:

  1. Este homem dirigia magistralmente novelas! "a gata comeu", por exemplo, é uma de suas melhores
    Descanse em paz!

    ResponderExcluir
  2. Dentro do galã brasileiro (temos que admirar os nossos), um diretor competente.

    ResponderExcluir