Ana Servan

ANA SERVAN VIDAL
(73 anos)
Cantora

☼ Onda Verde, SP (15/12/1941)
┼ Araraquara, SP (19/05/2015)

Ana Servan Vidal nasceu em Onda Verde, no interior de São Paulo, no dia 15/12/1941. Por erro ortográfico, o Servan dos irmãos Miguel e Ana começa com a letra "S", enquanto que os demais irmãos e familiares possuem o sobrenome Cervan registrado corretamente.

Miguel e Aninha já cantavam desde cedo, sendo que Aninha, com apenas 12 anos, venceu um concurso num circo que passava pela região. E, em 1955, com o nome "Irmãos Cervan", a dupla começava a se apresentar na Rádio Cultura de Araraquara.

Em 1956, os irmãos decidiram tentar a carreira artística em São Paulo, onde foram morar no bairro Tucuruvi, na Zona Norte. E foi nesse bairro que Miguel e Aninha conheceram o compositor José Fortuna, que os convidou para participar do programa "Onde Cantam os Maracanãs", que ia ao ar pela Rádio Piratininga.

Três anos depois, em 1959, Miguel e Aninha adotaram o nome artístico de Duo Glacial, o qual foi sugerido por José Fortuna. Sucederam-se apresentações na Rádio Tupi, Rádio Nove de Julho e Rádio Nacional de São Paulo e, ainda em 1959, o Duo Glacial gravou seu primeiro disco 78 rpm, com a canção rancheira "Orgulho" e a valsa "O Amor e a Rosa", pelo selo Sertanejo.

Vieram depois mais dois discos 78 rpm, em 1960, com o rasqueado "Si Queres" e a rancheira "Desde Que o Dia Amanhece", pelo selo Sertanejo, e em 1961, o tango "Reconciliação" e a canção rancheira "Traição", pelo selo Sabiá.

E foi em 1967 que o Duo Glacial conquistou o primeiro lugar no I Festival Sertanejo da Rádio Nacional com a interpretação da toada "Poeira". Em 1968, a dupla recebeu também o Troféu Cornélio Pires e gravou um LP no qual foi incluída a música vencedora, "Poeira".

Miguel e Aninha (Duo Glacial)
"Poeira", na verdade, havia sido eliminada na primeira fase. Luiz Bonan, no entanto, fez algumas mudanças na letra e a composição foi classificada para a final. E é sucesso até hoje.

Em 1970 participaram do filme "Sertão Em Festa", junto com Tião Carreiro & Pardinho, Simplício, Saracura, Nhá Barbina, Francisco Di Franco, Marlene Costa e Clenira Michel. No mesmo ano de 1970, lançaram um LP com 12 composições de autoria de João Pacífico, ocasião na qual Brás Baccarin era diretor artístico da Chantecler/Continental. A partir desse disco, João Pacífico passou a ser chamado para entrevistas e participações em programas de televisão, além de ser freqüentemente regravado e também reconhecido pela imprensa.

Em 1971 participaram do filme "No Rancho Fundo".

Participações no circo também fizeram parte da carreira artística do Duo Glacial. Num desses diversos circos, a Companhia Teatral Circense, Mariazinha e sua filha Noeli eram as estrelas juntamente com Bueno Filho, Jair Roberto, além de Miguel e Aninha. Eram encenadas peças teatrais tais como "A Vingança do Lavrador" e "O Lavrador Não é Covarde" que, apesar de serem consideradas dramas, também arrancavam gostosas gargalhadas da platéia que se divertia com o personagem Chico, que era representado por Ivo Rodrigues.

Por motivos particulares, em 1974 Ana Servan afastou-se do Duo Glacial e, em seu lugar, quem passou a cantar juntamente com Miguel foi Maria Vieira da Silva (Mariazinha). Ela havia deixado de cantar com Zé do Rancho em 1972, dois anos antes de integrar o Duo Glacial.

Foi mantido o nome Duo Glacial que, com a nova formação, gravou já em 1975 o LP "Eterna Lembrança", pela Continental. Gravaram mais três LP's, com com esta nova formação.

Algum tempo depois, Mariazinha decidiu encerrar sua carreira artística e, em 1983, Ana Servan voltou a integrar o Duo Glacial juntamente com seu irmão Miguel Servan. 

Morte

Ana Servan Vidal, de 73 anos, morreu na terça-feira, 19/05/2015, em Araraquara, SP. Aninha, como era conhecida, estava com sintomas de dengue e infecção urinária. Ela procurou atendimento na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Vila Xavier, onde sofreu duas paradas cardíacas no período da manhã.

O velório aconteceu em frente ao Cemitério São Bento, onde o corpo foi enterrado na quarta-feira, 20/05/2015, às 15:00 hs.

2 comentários:

  1. Amigo Marcos Aurélio !

    Muito obrigado por perpetuar em seu Blog a história de Ana Servan do Duo Glacial. Que Deus te ilumine sempre !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por suas palavras Célio. Agradeço o carinho e as indicações.

      Um forte abraço!

      Excluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!