Mostrando postagens com marcador Dublador. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dublador. Mostrar todas as postagens

Gabi Costa

GABRIELLE DE NOVAES COSTA
(33 anos)
Atriz, Modelo, Garota Propaganda, Roteirista, Diretora, Produtora e Dubladora

☼ Carangola, MG (20/07/1985)
┼ Rio de Janeiro, RJ (02/06/2019)

Gabrielle de Novaes Costa, mais conhecida por Gabi Costa, foi uma atriz, modelo, garota propaganda, roteirista, diretora, produtora e dubladora nascida em Carangola, MG, no dia 20/07/1985.

Gabi Costa destacou-se como astro infantil. Formada em Teatro, Propaganda e Marketing, era filha de Paulo Alberto Costa e de Marina de Novaes Costa.

Sua carreira se restringiu à TV Globo e entre 2010 e 2012, atuou nos programas humorísticos "Aventuras do Didi", "Zorra Total" e "A Grande Família".

Em 2013, interpretou Jessica na novela "Tapas e Beijos". Em 2014 participou do remake de "O Rebu" e, no ano seguinte, repetiu a parceria com o diretor da novela, José Villamarim, na série "Nada Será Como Antes", vivendo Gabriela, uma figurinista de TV nos anos 1960.


Em "Sol Nascente" (2016), foi a repórter Vanessa. Em 2017, entrou para "Malhação" como Antônia, mãe de uma das protagonistas.

Na novela das 18h00, "Órfãos da Terra", Gabi Costa interpretava a síria Nazira, mulher do médico Faruq vivido pelo ator Eduardo Mossri.

Paralelamente, ela ainda fazia dublagens de games (Era a Ciri de "The Witcher") e iniciou uma carreira como roteirista, lançando seu primeiro curta-metragem, "Amor Suspenso", em 2015. O filme fala sobre um casal formado por duas mulheres, Gabi e Lorena Comparato, que sofre por não ser aceito pela família. Filmado em um único plano sequência de 11 minutos, está disponível em seu canal no Youtube.

Gabi Costa se preparava ainda para lançar dois novos projetos escritos por ela: Seu curta "Enquanto Chovia" e o monólogo "Formigas", que fala sobre a violência contra a mulher.

Morte

Gabi Costa faleceu no domingo, dia 02/06/2019, aos 33 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória, no Rio de Janeiro, RJ. Ela foi encontrada desacordada, mas ainda com vida, em casa e levada para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde veio a falecer.

O velório de Gabi Costa aconteceu na segunda-feira, 03/06/2019, a partir das 8h00 na capela 7 do Jardim da Saudade, no Rio de Janeiro.

Gabi Costa como Nazira, sua personagem em "Órfãos da Terra", próxima novela das 18h00 da TV Globo.
Carreira

  • 1993 - Em Busca do Tesouro Encantado (Teatro)
  • 2001 -  Os Malas (Teatro)
  • 2002 - Moulin Rouge (Teatro)
  • 2003 - Cabaret (Teatro)
  • 2003 - Cara ou Coroa (Teatro) - Assistência de Direção
  • 2003 - É Preciso Saber Viver (Teatro)
  • 2003 - Satiricon (Teatro)
  • 2005 - Máscaras do Mundo (Teatro)
  • 2005 - Mudanças (Teatro)
  • 2005 - Mulheres Pineis (Teatro) - Autoria
  • 2010 - Aventuras do Didi (Televisão)
  • 2011 - Aventuras do Didi (Televisão)
  • 2011 - As Cuspidas (Teatro)
  • 2011 - Curvas de Oscar Niemeyer (Cinema)
  • 2012 - A Grande Família (Televisão)
  • 2012 - Zorra Total (Televisão)
  • 2013 - Tapas & Beijos ... Jéssica (Televisão)
  • 2014 - O Rebu (Televisão)
  • 2015 - Amor Suspenso ... Alice (Cinema) - Além de Roteiro e Produção
  • 2015 - Babilônia ... Repórter (Televisão)
  • 2015 - Chapa Quente: Marlene Encontra Ex-Noivo em Posto ... Kátia (Televisão)
  • 2016 - Justiça: Maurício (Televisão)
  • 2016 - Nada Será Como Antes ... Míriam (Televisão)
  • 2016 - Naturaleza Muerta (Teatro)
  • 2016 - O Primeiro Dia do Resto de Nossas Vidas (Teatro)
  • 2016 - Websérie Sociedade Psi (Internet) - Atuação e Roteiro
  • 2016 - Sol Nascente ... Repórter Vanessa Louzada (Televisão)
  • 2017 - Sol Nascente ... Repórter Vanessa Louzada (Televisão)
  • 2016-2018 - Websérie Curta 1 Minuto (Internet) - Atuação, Roteiro, Direção e Produção
  • 2017 - Intervenção Dalloway: Rio dos Malefícios do Diabo (Teatro) - Produção
  • 2017/2018 - Malhação: Viva a Diferença ... Antônia (Televisão)
  • 2019 - Culpado (Cinema)
  • 2019 - Verão 90 ... Doméstica (Televisão)
  • 2019 - Órfãos da Terra ... Nazira (Televisão)

Lafayette Galvão

LAFAYETTE URBANO GALVÃO
(87 anos)
Ator, Escritor, Autor, Dramaturgo, Roteirista e Dublador

☼ Pouso Alegre, MG (12/07/1931)
┼ Rio de Janeiro, RJ (07/06/2019)

Lafayette Urbano Galvão foi um ator, escritor e roteirista, nascido em Pouso Alegre, MG, no dia 12/07/1931.

Muito jovem, teve que deixar sua terra em busca da realização de seus sonhos. No teatro realizou vários trabalhos importantes como "Gota D’água", atuando como Creonte e "Mandrágora" de Maquiavel como Messer Nicia.

Lafayette Galvão iniciou sua carreira nas novelas em 1965, atuando em "Rosinha do Sobrado" (1965) e fez obras como "Sinhazinha Flô" (1977), "Coração Alado" (1980), "Dona Beija" (1986), "A História de Ana Raio e Zé Trovão" (1990), "A Viagem" (1994), "Perdidos de Amor" (1997), "América" (2005) e "Poder Paralelo" (2009).

Sua última atuação na televisão foi em 2009, em "Malhação ID".

Lafayette Galvão teve vários textos montados como "Aleijadinho. Aqui. Agora" "Um, Dois, Três de Oliveira Quatro".

Em paralelo ao teatro, escreveu várias novelas como "Sinhazinha Flô", "Sabor de Mel", "O Campeão", também programas que tiveram grande repercussão nacional como "Brasil Especial", "Saudade Não Tem Idade" e a pesquisa do programa "Som Brasil", com Rolando Boldrin.

No cinema, estreou ao lado de Annick Malvil em "Essa Gatinha é Minha" (1966) e atuou nos filmes "Adorável Trapalhão" (1967), "Luz, Cama, Ação!" (1976), "O Grande Desbum" (1978) e "O Namorador" (1980).

Aposentado há alguns anos, Lafayette Galvão vivia no Retiro dos Artistas desde 2017. Era casado com a atriz Dilze Pragana (1965-2019).

Morte

Lafayette Galvão faleceu na sexta-feira, 07/06/2019, aos 87 anos, no Rio de Janeiro, RJ, vítima de sepse pulmonar. Ele estava internado desde 20/05/2019 no Hospital Miguel Couto, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Lafayette Galvão entre os atores Cristiana Peres e Marco Antonio Gimenez em "Malhação", seu último trabalho na TV
Carreira

Televisão
  • 2009 - Malhação ID ... Emílio
  • 2009 - Poder Paralelo ... Drº Figueiroa
  • 2008 - Faça Sua História ... Abílio
  • 2008 - Guerra e Paz ... Juiz
  • 2008 - Faça Sua História ... Ernesto
  • 2006 - Paixões Proibidas ... Frei Adriano
  • 2005 - América ... Padre Serafim
  • 2003 - A Casa das Sete Mulheres ... Padre
  • 1999 - Terra Nostra ... Cesquim
  • 1999 - Suave Veneno ... Tide
  • 1999 - Chiquinha Gonzaga ... Conde D'Eu
  • 1998 - Corpo Dourado ... Epaminondas
  • 1997 - Mandacaru ... Coronel
  • 1996 - Perdidos de Amor ... Isidoro
  • 1996 - Quem é Você? ... Hamílton
  • 1996 - A Vida Como Ela é...
  • 1995 - A Próxima Vítima ... Drº Osnir
  • 1994 - A Viagem ... André
  • 1991 - O Fantasma da Ópera
  • 1991 - O Portador ... Janjão
  • 1990 - A História de Ana Raio e Zé Trovão ... Nicolau
  • 1990 - La Mamma ... Presidente
  • 1988 - O Primo Basílio ... Alves Coutinho
  • 1986 - Tudo ou Nada ... Perácio
  • 1986 - Dona Beija ... Costa Pinto
  • 1980 - Coração Alado ... Delegado
  • 1978 - Maria, Maria ... Renzebach
  • 1977 - Sinhazinha Flô ... Januário
  • 1965 - Rua da Matriz ... Mecânico
  • 1965 - Rosinha do Sobrado ... Bento

Cinema
  • 1980 - O Namorador
  • 1978 - O Grande Desbum ... Abel
  • 1976 - Luz, Cama, Ação! ... Alberto
  • 1967 - Adorável Trapalhão
  • 1966 - Essa Gatinha é Minha

Miguel Rosenberg

MIGUEL ROSEMBERG
(90 anos)
Ator e Dublador

☼ Rio de Janeiro, RJ (27/04/1926)
┼ Rio de Janeiro, RJ (06/05/2016)

Miguel Rosenberg foi um ator e dublador nascido no Rio de Janeiro, RJ, no dia 27/04/1926.

Com 14 anos, por volta de 1940, trabalhava com pedras preciosas, e conheceu atores através do seu trabalho que o levaram ao teatro. Ele ele deixou a lapidação para virar ator.

Aos 19 anos, já como ator, foi convidado por colegas a Rádio Tupi, e lá foi ingressando, em 1945. 

Em 1950, Miguel Rosenberg, aos 24 anos, foi convidado para atuar, trabalhando no Rádio Teatro.

Miguel Rosenberg passou a atuar no cinema, tendo participado de seu primeiro filme em 1954, "Rio, 40 Graus".

Por volta de 1955, aos 29 anos, Miguel Rosenberg foi a convite para São Paulo para trabalhar na Rádio Excelsior. 

Na dublagem Miguel Rosenberg ingressou em 1958, em São Paulo, na GravaSon, que viraria a AIC, onde ele chegou pelas mãos de colegas. Ficou um período de 14 anos na AIC, até 1972, quando voltou para o Rio de Janeiro, também voltando a fazer dublagem na Herbert Richers

Em 1962, fez um papel de maior destaque em "O Assalto Ao Trem Pagador".

Em 1966, participou da novela "Redenção", da TV Excelsior.

Em 1972, participou da novela "Selva de Pedra", na TV Globo. Miguel Rosenberg atuou ainda em "Jerônimo, o Herói do Sertão".

No teatro, atuou em "A Revolta dos Brinquedos", de Pernambuco de Oliveira.

Por volta de 1976, Miguel Rosenberg entrou na Dublasom Guanabara.

Em meados de 1980, Miguel Rosenberg ingressou na Peri Filmes. Em 1984 passou a dublar na Telecine.

Na VTI, ele entrou em 1990 e por volta de 1994, Miguel Rosenberg entrou na Delart. Sua entrada na Wan Macher ocorreu por volta 1998.

Em meados de 2002 Miguel Rosenberg ingressou na Cinevideo e no ano de 2006, decidiu sair da Herbert Richers, junto do filho, Renato Rosenberg, que também era dublador, após alguns problemas. 

Em 2008, foi o protagonista em "A Espera", filme de Fernanda Teixeira que participou do Festival de Cannes.

Em 2010 Miguel saiu da Delart, mas ainda dublava principalmente na Wan Macher, na Cinevideo, Audio Corp, Audio News e Som de Vera Cruz.

A saída de Miguel Rosenberg da Wan Macher ocorreu de 2014, e ele passou a dublar principalmente na Cinevideo.

Morte

Miguel Rosenberg faleceu na sexta-feira, dia 06/05/2016, aos 90 anos, no Rio de Janeiro, RJ, após um AVC, que o internou uma semana antes da morte.

Dublagens

  • Zé Colmeia na versão dublada pela Herbert Richers de "Zé Colmeia Show" "A Turma do Zé Colmeia";
  • "Os Ho-ho-límpicos";
  • Srº Finkerton em "Grande Polegar: Detetive Particular";
  • Gorok em "O Vale dos Dinossauros";
  • Sherlocão em "Clue Club";
  • A segunda voz de Chefe Q.Q. em "Esquilo Sem Grilo";
  • "Anjo do Espaço";
  • Ben Cartwright (Lorne Greene) em "Bonanza";
  • "A Escuna do Diabo";
  • Martin Peyton (George Macready) na série "Peyton Place";
  • James Tolkan e Pat Buttram em "De Volta Para o Futuro III" (DVD);
  • Mitch Ryan em "O Mentiroso" (DVD);
  • Christopher Lloyd em "Pagemaster";
  • David Kelly em "A Fantástica Fábrica de Chocolate";
  • Vincent em "Os Sem-Floresta";
  • Coelho ou Abel em "As Novas Aventuras do Ursinho Puff" e "A Maior Aventura do Ursinho Puff";
  • Vesemir no jogo "The Witcher 3: Wild Hunt";
  • Laurens Prins no jogo "Assassin's Creed IV: Black Flag";
  • Doutor Youssef Salim no jogo "Call Of Duty: Black Ops III";
  • Big Mouth Koopa em "Super Mario World";
  • Tio Chuck em "Sonic SatAM" e "Sonic Underground";
  • Consertador em "Toy Story 2";
  • Robert Hardy em "Harry Potter e a Câmara Secreta";
  • Robert Hardy em "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban";
  • Robert Hardy em "Harry Potter e o Cálice de Fogo";
  • Robert Hardy em "Harry Potter e a Ordem da Fênix";
  • Gepeto em "Shrek";
  • Drº Selig em "Projeto Zeta";
  • Sábio Ham em "Hamtaro";
  • Mestre dos Magos em "Caverna do Dragão" (Segunda dublagem);
  • Srº Brown em "Clube das Winx";
  • Srº Burns em "Os Simpsons" (2ª e 6ª dublagem).

Fonte: Wikipédia e Phineas & Ferb Wiki
#famososquepartiram #miguelrosenberg

Márcia Real

EUNICE ALVES
(88 anos)
Atriz, Dubladora e Apresentadora de Televisão

☼ São Paulo, SP (06/01/1931)
┼ Ibiúna, SP (15/03/2019)

Márcia Real, cujo verdadeiro nome é Eunice Alves, foi uma atriz e dubladora nascida em São Paulo, SP, no bairro do Ipiranga, no dia 06/01/1931.

De família humilde, teve um avô advogado, que logo percebeu a vivacidade e a memória da neta e que desejava que ela fosse advogada também. Mas lá dentro de si, Márcia Real dizia: "Eu quero é ser artista!".

Márcia Real tem uma irmã, Regina, e sempre foi muito apegada à mãe, mas foi o pai, que era ponto em uma companhia amadora de teatro, que levava a menina a ver espetáculos, e ela ficava fascinada.

E um dia, já adolescente, no final da década de 40, cruzou na rua com a atriz Bibi Ferreira. Estava ali traçado o seu destino. No mesmo momento, após ligeira conversa, ganhou um papel na peça "Minhas Queridas Esposas". Antes disso já tinha tido uma experiência na Rádio Tupi com o famoso radialista e diretor, Otávio Gabus Mendes.

Com o teatro foi logo viajar, e para isso enfrentou toda a família.

No cinema a estreia aconteceu em 1949 no filme "Carnaval no Fogo".

Márcia Real tornou-se uma bonita mulher, alta, loira, atraente. E assim começou na televisão, onde ganhou imediatamente um papel, já que tinha tudo para isso, inclusive a voz que era forte e marcante. E foi graças ao tipo físico e a voz que estreou na televisão em 1952, atuando nos programas "TV de Vanguarda" e "TV Comédia", na TV Tupi.

Márcia Real foi um dos principais nomes da TV Tupi de São Paulo, fazendo papéis como: Lady Macbeth Ana Karenina.

Depois passou para a TV Excelsior, onde ganhou papéis importantes em inúmeras novelas, tendo participado com grande relevância em "Redenção" (1966), a mais longa novela que já esteve no ar, com 652 capítulos.

Quando ainda na TV Tupi, casou-se com o violinista Joel, com quem teve a primeira filha, Márcia Regina. Mais tarde separou-se e casou-se com Lauro, com quem teve sua segunda filha Karina.

Márcia Real, porém, não foi só atriz, Sua inteligência e dom natural para falar, fizeram dela uma grande apresentadora de televisão. Salientou-se no "Clube dos Artistas", ao lado de Airton Rodrigues, no qual ficou por 10 anos.


Ganhou vários prêmios, entre eles o Troféu Roquette Pinto, o principal prêmio de televisão da década de 1960, por três vezes.

Participou de vários filmes, mas gostava de salientar o filme "O Sobrado" (1956) com texto de Walter George Durst e direção de Cassiano Gabus Mendes. Continuou, porém, constantemente em teatro, com aparições brilhantes, dentre elas como: Marlene Dietrich, na peça "Piaf", ao lado de Bibi Ferreira, onde realmente ficou exatamente igual à famosa atriz de cinema, a ponto do público se levantar e aplaudir de pé.

Em 2003 foi a Maria Alice do filme "Avassaladoras", estrelado por Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianecchini.

Márcia Real costumava dizer:
"Hoje estou sozinha, isto é, sem marido, mas para mim a vida é a família, as filhas, os genros, e netos, e à noite, o teatro. E tendo isso tenho tudo. Com todas as injustiças, a ingratidão, ou dificuldades que possa ter passado, sou grata à Deus, pois fui uma menina pobre, mas lutei, consegui, venci. E se pudesse recomeçar, faria exatamente tudo o que fiz!" 
Morte

Márcia Real faleceu na madrugada de sexta-feira, 15/03/2019, aos 88 anos, em um hospital de Ibiúna, SP. A causa da morte não foi divulgada. Ela sofria de Mal de Alzheimer há mais de uma década.

Márcia Real deixou duas filhas e três netos.

Márcia Real  foi velada no Cemitério São Paulo a partir das 17h30 de sexta-feira, 15/03/2019, e o sepultamento ocorreu às 10h00 de sábado, 16/03/2019.

Marcos Frota e Márcia Real
Carreira

Televisão
  • 2003 - SPA TV Fantasia ... Dona Meire
  • 2001 - O Direito de Nascer ... Augusta Monteiro
  • 1999 - Ô Coitado ... Heliodora (Lili)
  • 1997 - Canoa do Bagre ... Matilde
  • 1997 - O Olho da Terra ... Aparecida
  • 1996 - Irmã Catarina ... Irmã Serafina
  • 1994 - Quatro Por Quatro ... Isadora Herrera Franco
  • 1992 - De Corpo e Alma ... Sálvia Lopes
  • 1990 - Mico Preto ... Áurea Menezes Garcia
  • 1988 - Bebê a Bordo ... Valquíria
  • 1979 - Gaivotas ... Idalina
  • 1978 - Aritana ... Guiomar
  • 1973 - Vidas Marcadas
  • 1973 - Venha Ver o Sol na Estrada ... Belinda
  • 1972 - O Leopardo ... Odete
  • 1972 - O Tempo Não Apaga ... Elisa
  • 1971 - Os Deuses Estão Mortos ... Emília
  • 1970 - As Pupilas do Senhor Reitor
  • 1969 - Dez Vidas
  • 1969 - Sangue do Meu Sangue ... Princesa Isabel
  • 1969 - Os Estranhos ... Ofélia
  • 1968 - Legião dos Esquecidos ... Teresa
  • 1966 - Redenção ... Lola
  • 1966 - A Grande Viagem ... Marion
  • 1965 - Vidas Cruzadas ... Andréa
  • 1965 - Pecado de Mulher
  • 1964 - Mãe
  • 1964 - Isabella
  • 1964 - Corações em Conflito ... Isabel
  • 1959 - TV de Comédia ... Marla / Madame Arcati / Suzana
  • 1958 - TV Teatro ... Vários Personagens
  • 1958 - Suspeita
  • 1958 - TV de Comédia ... Yolanda
  • 1956 - Grande Teatro Tupi ... Vários Personagens
  • 1956 - Uma História de Ballet
  • 1953 - O Mártir do Calvário ... Madalena
  • 1953 - Delícias da Vida Conjugal
  • 1953 - A Viúva
  • 1953 - 48 Horas Com Bibiana
  • 1952 - Senhora ... Aurélia Camargo
  • 1952 - Vestidos da Minha Vida
  • 1952 - TV de Vanguarda ... Vários Personagens (1952-1961)


Filmes
  • 2002 - Avassaladoras ... Maria Alice
  • 1976 - Possuída Pelo Pecado
  • 1976 - Amadas e Violentadas ... Carmen
  • 1975 - O Rei da Noite ... Sinhá
  • 1975 - A Ilha do Desejo ... Madame Geny
  • 1964 - O Vigilante Contra o Crime
  • 1956 - O Sobrado ... Alice Terra Cambará
  • 1951 - Liana, a Pecadora ... Liana
  • 1949 - Carnaval no Fogo


Trabalhos em Dublagem
  • 1965 - Endora na 1ª temporada da série "A Feiticeira"
Entre outros.


Prêmios e indicações

1961 - Troféu Imprensa de Melhor Atriz ... Venceu

Fonte: Wikipédia e Correio Brasiliense
Indicação: Miguel Sampaio, Simone Simas, Fada Veras e Neyde Almeida

Caio César

CAIO CÉSAR CARDOSO DE MELO
(27 anos)
Ator, Dublador e Policial Militar

☼ Rio de Janeiro, RJ (28/09/1988)
┼ Rio de Janeiro, RJ (30/09/2015)

Caio César Cardoso de Melo foi um ator, dublador e policial militar nascido no Rio de Janeiro, RJ, no dia 28/09/1988.

Caio César era mais conhecido por ser a voz oficial dos personagens Harry Potter da série homônima e Diego Bustamante em "Rebelde". Ele começou sua carreira em meados dos anos 90, aos quatro anos de idade, dublando o personagem principal na série "Gênio do Barulho".

Filho de Cid Cardoso e Ana Maria de Melo, além de ser ator e dublador, Caio César foi Policial Militar do Rio de Janeiro (PMERJ), lotado na Unidade de Polícia Pacificadora da Fazendinha.

Foi muito amigo de seus colegas de dublagem Charles Emmanuel e Luísa Palomanes, os quais dublaram, respectivamente, Rony Weasley (Rupert Grint) e Hermione Granger (Emma Watson) da saga "Harry Potter".

Morte

Caio César foi morto na tarde de quarta-feira, 30/09/2015, durante um patrulhamento de rotina na região do Campo do Sargento, no Complexo do Alemão, dois dias após seu aniversário de 27 anos.

Caio César foi baleado no pescoço por um tiro de fuzil quando patrulhava a região e foi surpreendido por criminosos, segundo a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), por volta das 11h00. O soldado foi levado para o Hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu.

Trabalhos

  • Harry Potter (Daniel Radcliffe) ... Harry Potter
  • Arthur Kipps (Daniel Radcliffe) ... A Mulher de Preto
  • Maps (Daniel Radcliffe) ... Um Verão Para Toda a Vida
  • Mark Pendell (Daniel Radcliffe) ... O Alfaiate do Panamá
  • Igor Straussman (Daniel Radcliffe) ... Victor Frankenstein
  • David Copperfield (Daniel Radcliffe) ... David Copperfield (2ª Dublagem)
  • Giosuè Orefice (Giacomo Coppini) ... A Vida é Bela
  • Ronald "Ronnie" Chu (Aaron Yoo) ... Paranóia
  • Scott Brody (Alexander Pollock) ... Como Cães e Gatos
  • Alan Tracy (Brady Corbet) ... Os Thunderbirds
  • Samuel Martin (Bryan Chafin) ... O Patriota
  • Jack Banning (Charlie Korsmo) ... Hook - A Volta do Capitão Gancho (DVD)
  • Tantor (Criança) ... Tarzan
  • Linguado (Criança) ... A Pequena Sereia II: O Retorno Para o Mar
  • Luca (Charlie Lucas) ... Chá Com Mussolini
  • Tommy em Barbie ... O Quebra Nozes
  • Evidence Room Kid #1 (Charlie Stewart) ... Animal
  • Brad (Christoph Sanders) ... Legalmente Loiras
  • Noelie Griffin (Ciarán Fitzgerald) ... Tempos de Rebeldia
  • Kirby Bigger (Cody McMains) ... Inimigos Para Sempre
  • Jovem Boba Feet (Daniel Logan) ... Star Wars Episódio II: Ataque dos Clones
  • Charlie (Blake Michael Bryan) ... Jurassic Park III
  • Adam (Marc Donato) ... A Corrente do Bem
  • Nathan Jenkyll (Kevin M. Horton) ... American Pie - O Livro do Amor
  • Tony Thompson (Jonathan Lipnicki) ... O Pequeno Vampiro
  • Rafe (Jesse James) ... Pearl Harbor
  • Ryan "T-Dog" Anderson (Troy Gentile) ... Meu Nome é Taylor, Drillbit Taylor
  • Lúcio (Spencer Treat Clark) ... Gladiador
  • Piggy (Danuel Popily) ... O Senhor das Moscas
  • Raymond (Aldis Hodge) ... Duro de Matar 3: A Vingança
  • Roger Bomman (Joseph Gordon-Levitt) ... Os Anjos Entram em Campo
  • Andre (Lewis Crutch) ... Charlotte Gray - Uma Paixão sem Fronteiras
  • Alexander (Benjamin Brock) ... Uma Noite Mágica
  • Joey (Aidan Drummond) ... De Porta em Porta
  • Christopher Ives (Christopher Joel Ives) ... À Espera de um Milagre
  • James Jr. (Clint Lienau) ... Divinos Segredos
  • Johnny Sullivan (Daniel Henson) ... Alta Frequência
  • Darryl (Daniel Williams) ... Garantia de Vida
  • Jovem Wayne (Devin Douglas Drewitz) ... Mulher Infernal
  • Babe ... Babe - O Porquinho Atrapalhado na Cidade
  • Bebê Urso ... Shrek
  • Sokka ... Avatar: A Lenda de Aang
  • Cabeçadura ... Como Treinar o seu Dragão e Dragões: Pilotos de Berk
  • Botas ... Dora, a Aventureira
  • Christopher Robin ... As Novas Aventuras do Ursinho Puff
  • Max ... Historinhas de Dragões
  • Kovu ... O Rei Leão 2: O Reino de Simba
  • Corujão ... Mecanimais
  • Orbit ... Rob, o Robô
  • Jimmy ... Du, Dudu e Edu
  • T.J. Henderson (Tahj Mowry) ... Gênio do Barulho
  • Otto Rocket ... Rocket Power
  • Olie ... O Mundo Redondo de Olie
  • Otto ... Esquadrão do Tempo
  • Chip ... Os Jovens Titãs
  • Stuart e Antonio ... Beyblade
  • Jim ... Beyblade V-Forces: A Origem da Corrida de Dragões
  • Hiro Granger ... Beyblade G-Revolution
  • Walkatruta e Iguana Ártica ... Ben 10: Omniverse (2ª dublagem)
  • Príncipe Chiclete ... Hora de Aventura (2ª dublagem)
  • T.K ... Digimon, Digimon 2 e Digimon: O Filme
  • Diego Bustamante (Christopher Uckermann) ... Rebelde
  • Dillon o Ranger Preto ... Power Rangers: RPM
  • Donnie Turnbull ... Robotboy
  • João Monroy (Rodrigo Soberón) ... O Diário de Daniela
  • Ucker (Christopher Uckermann) ... RBD, La Familia
  • Lars ... O Ursinho Polar
  • Bear ... De Férias Com o Ex
  • Lloyd ... Lloyd no Espaço
  • Leonardo Leopoldo ... A Turma do Pererê
  • Alvinho Jones ... Luluzinha
  • Robert Topping ... Assassin's Creed Syndicate
  • Yuki ... Beyblade Metal Fury
  • Nicholas "Nicky" Banks (Ross Bagley) ... Um Maluco no Pedaço
  • Fleck ... iCarly
  • Cavaleiro ... Unicórnios e Dinossauros
  • Paulinho (Luciano Corigliano) ... Amy, a Menina da Mochila Azul

Fonte: Wikipédia

Maximira Figueiredo

MAXIMIRA FIGUEIREDO GAGLIANO
(79 anos)
Atriz e Dubladora

☼ São Paulo, SP (02/02/1939)
┼ Praia Grande, SP (15/10/2018)

Maximira Figueiredo Gagliano foi uma atriz e dubladora nascida em São Paulo, SP, no dia 02/02/1930.

Maximira Figueiredo trabalhou em dublagem. Ela foi durante o final dos anos 80 e início dos 90 a dubladora oficial de Machiko Soga.

A atriz também consagrou-se na dublagem, em séries japonesas como "Jaspion", "Jiraiya" e "Changeman", animações como "Samurai X", "Babar", "Rugrats", "Os Jetsons" e "O Fantástico Mundo de Bobby", e filmes como "Corina, Uma Babá Perfeita" (1995).


Na TV Paulista chegou a apresentar junto a Hebe Camargo e outros, o programa "O Mundo é das Mulheres".

Entre 1998 e 1999 atuou como atriz na novela "Pérola Negra", exibida pelo SBT, fazendo um dos seus personagens principais e inesquecíveis de sua carreira, Rosália Pacheco Oliveira.

Sua última atuação em novelas foi em 2001 em "Amor e Ódio".

Sua última atuação no cinema foi interpretando a personagem Irene, dona de uma pensão, no filme longa-metragem "A Cruz e o Pentagrama" (2009), produzido e dirigido pelo cineasta Cesar Nero.

Morte

Maximira Figueiredo faleceu na segunda-feira, 15/10/2018, aos 79 anos, na cidade em que vivia há vinte anos, Praia Grande, no litoral de São Paulo, vítima de um câncer de pulmão.

Viúva, deixou um único filho, Leonardo Figueiredo Gagliano.

Carreira

Televisão
  • 2001 - Amor e Ódio ... Martinha
  • 1999 - Ô... Coitado! ... Dona Malvina (Episódio: "O Carro da Filó")
  • 1998 - Pérola Negra ... Rosália Pacheco Oliveira
  • 1998 - Fascinação ... Cigana (Participação Especial)
  • 1988 - Chapadão do Bugre ... Catarina
  • 1980 - Cavalo Amarelo ... Do Carmo
  • 1965 - Zás Trás ... Fada
  • 1965 - Marina ... Marina
  • 1965 - Cadeia de Cristal
  • 1959 - O Guarani ... Isabel
  • 1956 - Neli ... Neli

Cinema
  • 1962 - O Vendedor de Linguiças ... Flora
  • 1962 - Lá no Meu Sertão
  • 1996 - A Vingança de Babu
  • 2009 - A Cruz e o Pentagrama ... Irene

Dublagens
  • Machiko Soga em "Guerreiro Dimensional Spielvan", "Defensores da Luz Maskman", "Jiraiya - O Incrível Ninja";
  • Atsuko Takahata (Kilza), Waka Sato ("Titânia", episódio 22) em "O Fantástico Jaspion";
  • Kana Fujieda (Shima), Zole em "Esquadrão Relâmpago Changeman";
  • A irmã do Doutor Gensai (Episódio 19-21) em "Samurai X";
  • Lynn Milgrim (Sra. Cooper, episódio 46) em "Anos Incríveis";
  • Charlotte Bartlett (Maggie Smith) em "Uma Janela Para o Amor";
  • Catherine em "A Herdeira";
  • Louise (Aida Turturro) em "Junior";
  • Helga (Mai Zetterling) em "A Convenção das Bruxas";
  • Amanda Mavin (Barbara Bach) em "A Ilha dos Homens Peixes";
  • Marina Oswald (Beata Pozniak) em "JFK - A Pergunta Que Não Quer Calar";
  • Brenda Cavendish em "Um Lobisomem Americano em Londres";
  • Bunny Summers em "Do Além";
  • Carolyn Purdy-Gordon em "Re-Animator - A Hora dos Mortos Vivos";
  • Eleanor Trilling (Claire Bloom) em "Daylight ";
  • Toni Alfred (Claudia Cardinale) em "O Mundo do Circo";
  • Bella (Collin Wilcox) em "Lembranças de Outra Vida";
  • Dana Ivey em "Os Impostores";
  • Debralee Scott em "Terremoto";
  • Sra. Elizabeth Prayfair (Eileen Crowe) em "Depois do Vendaval";
  • Vovó Eva (Erica Yohn) em "Corina, Uma Babá Perfeita";
  • France Zobda em "Sheena - A Rainha das Selvas";
  • Gena Rowlands em "O Poder do Amor";
  • Geraldine McEwan em "Contaminação";
  • Natasha (Helga Liné) em "O Expresso do Horror";
  • Janet MacLachlan em "Morrendo e Aprendendo";
  • Joan Copeland em "A Razão do Meu Afeto";
  • Joanna Miles em "O Juiz";
  • Alice Lomax (Judith Ivey) em "O Advogado do Diabo";
  • Maria I de Inglaterra (Kathy Burke) em "Elizabeth";
  • Debra Strod (Kim Darby) em "Halloween 6 - A Última Vingança";
  • Tia Meg (Lois Smith) em "Twister";
  • Wendy Gimble (Margo Martindale) em "O Óleo de Lorenzo";
  • Christine Helm Vole (Marlene Dietrich) em "Testemunha de Acusação";
  • Mary Alice em "A Terra do Sol";
  • Matyelok Gibbs em "Para Sempre Cinderela";
  • Melinda Dillon em "Capitão América - O Filme";
  • Vivian Emery (Michael Learned) em "Dragão: A História de Bruce Lee";
  • Sra. Peenman (Nancy Fish) em "O Máskara";
  • Sr.ª Tate (Novella Nelson) em "Voltando a Viver";
  • Nan Coslaw (Robin Groves) em "A Hora do Lobisomem - Bala de Prata";
  • Anna (Rossana Rory) em "Quando Setembro Vier"
  • Ruby Dee em "Um Tira e Meio";
  • Shelley Winters em "Comando Delta";
  • Vanessa Redgrave em "Missão Impossível";
  • Anna Watson em "Homem-Aranha" (Anos 90);
  • Celeste em "Babar";
  • Coruja em "Os Animais do Bosque dos Vinténs";
  • Minka Kerpatken em "Rugrats - Os Anjinhos";
  • Senhora Rula e outros secundários em "O Fantástico Mundo de Bobby";
  • Rosie em "Os Jetsons" (Versão dos anos 80);
  • Sra. Wingo em "Doug";
  • Velhinha em "Swat Kats - O Esquadrão Radi".

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #MaximiraFigueiredo

Telmo de Avelar

TELMO PERLE MÜNCH
(93 anos)
Ator, Dublador, Tradutor e Diretor de Dublagem

☼ Curitiba, PR (02/10/1923)
┼ Rio de Janeiro, RJ (09/01/2017)

Telmo Perle Münch, também conhecido como Telmo de Avelar, foi um ator, dublador, tradutor e diretor de dublagem brasileiro nascido em Curitiba, PR, no dia 02/10/1923.

Telmo teve uma infância pobre e de muita necessidade. Em 1938, aos 14 anos, foi levado por seu irmão, que mais tarde se tornaria pintor, ao teatro participar de um pequeno grupo amador. Lá fazia apenas figuração, mas por uma casualidade, um dos atores que ia interpretar na peça não pôde estar no dia e Telmo foi chamado para representar em seu lugar. Fez o teste e foi aprovado. A partir daí todos os dias estudava seu papel até altas horas da noite. Atuou na peça e a partir daí começou sua carreira na dramaturgia.

Dois anos depois sua família mudou-se para Recife, PE, e Telmo a acompanhou. Permaneceu 2 meses em Recife e partiu para João Pessoa, PB, onde ficou 1 ano. De volta a Recife permaneceu por mais 1 ano.

Por não ter conseguido mais estudar nesse período, pelo fato de seu material de estudo ter ficado em Curitiba, e seus familiares lá presentes nunca os terem mandado para o nordeste, Telmo resolveu se mudar sozinho para São Paulo, por volta do final de 1942, com apenas o ensino fundamental cursado. Em São Paulo conseguiu um emprego no comércio, o qual o manteve.

Por apreciar que tinha propensão para a arte, Telmo começou a pensar como poderia expressar isso. Foi aí que veio a ideia de ingressar no rádio. Um dia ele viu o anuncio de uma empresa de publicidade chamada Standard, no jornal, procurando artistas para gravarem para o rádio, histórias de aventuras de "Tarzan" e de "O Vingador". Se interessou e foi buscar o papel. Conseguiu e trabalhou por apenas 20 dias, pois suas escalações eram sempre como vilão, e ele tinha dificuldade com esses papeis já que sua inflexão artística caia para interpretações de galãs e personagens do gênero. Após esses dias, foi procurar um novo emprego e conseguiu uma proposta para trabalhar na Rádio América, na qual aceitou de prontidão.

Essa época foi uma das mais difíceis na vida de Telmo. O dinheiro que ganhava do rádio não era suficiente para pagar o aluguel e ainda se alimentar, então tinham dias que comia apenas pão.

Por não aguentar a situação, Telmo percebeu que não era ali que estavam as suas oportunidades, e então partiu para o Rio de Janeiro. Lá começou a fazer pequenos trabalhos para a Rádio Clube do Brasil, Rádio Cruzeiro do Sul e Rádio Mauá.

Quando a necessidade mais uma vez apertou, Telmo começou a vender algumas de suas peças de teatro para a Rádio Globo. Após isso, recebeu um convite de Olavo de Barros para ingressar no elenco de rádio-teatro da Rádio Jornal do Brasil. Após uma série de casualidades Olavo de Barros se retirou da rádio e levou Telmo consigo para a Rádio Tamoio, com um ordenado 4 vezes maior do que recebia na Rádio América em São Paulo.


Permaneceu na rádio até 1948, quando se transferiu para a Rádio Guanabara. Um tempo depois recebeu um convite da Rádio Tamoio no qual aceitou e ingressou novamente na emissora, fazendo lá longa carreira.

Entre os trabalhos que realizou na Rádio Tamoio está "São Jorge Glorioso", de Anselmo Domingos ao lado de Sônia Barreto, Olavo de Barros, Naney Wanderley, Carlos Medina e Julio Lousada em 1960.

O personagem Drº Napoleão Laureano no programa "Pausa Para Meditação", de Luiz Quirino, que Telmo interpretou ao lado de Heloísa Mafalda, e "Encontro Com a Morte", também de Luiz Quirino, também ao lado de Heloísa Mafalda, ambas as novelas fazendo parte da série de novelas da vida real que a emissora lançava em 1951. No mesmo ano participou de outras duas rádio-novelas, uma delas religiosa chamada "Uma Luz Dentro da Noite", de José Fernandes, ao lado de Hilda Barros, Zezé Macedo, Paulo Célio e Márcia Gonçalves, e a outra intitulada "Noite Sem Fim", de Janete Clair, ao lado de Ribeiro Fontes, Aliomar de Matos e Zélia Guimarães, rádio-novela essa que pouco tempo depois transferiu-se para a Rádio Clube do Brasil com o mesmo elenco.

Ainda em 1951, trabalhou novamente ao lado de Olavo de Barros, na qual Olavo dirigia a peça adaptada por Telmo, chamada "O Homem de Ouro", apresentada na TV Tupi e com o elenco de Fernanda Montenegro, Ednaldo Lopes, Sonia Ketter, Magalhães Graça e Afonso Soares. Ingressou na Rádio Clube do Brasil e participou da novela de Janete Clair, "Drº Ninguém", ao lado de Wolner Camargo, Mildred dos Santos, Marilene Alves e Antonio Nobre. Ainda em 1951 é entrevistado pela Revista do Rádio na edição 073 de março.

Em 1954 foi contratado como diretor de rádio-teatro na Rádio Mundial.

Em 1955, foi contrato pelas Organizações Victor Costa, dona da Rádio Excelsior e TV Paulista, por um ano e meio.

Por estar em São Paulo, chegou a fazer alguns trabalhos no teatro, como na peça "Zero a Esquerda", de Mário Lago e José Wanderley, ao lado de Oscarito, Maria Muniz, Déa Selva, e grande elenco, em 1958, no Teatro São Paulo, entre outros trabalhos.

Telmo retornou ao Rio de Janeiro no final dos anos 1960 e por volta dessa época também começou a escrever peças para a TV Continental, como "Aimé", e também a participar de muitas, como no programa "Teatro de Ontem" na peça "Dindinha", de Matheus da Fontoura, ao lado de Beyla Genauer, Wanda Marchetti, Mário Alinari, Manoel Martins e Nilton Valério"O Corcunda de Notre Dame" de Victor Hugo e adaptado por Luiz Oswaldo, ao lado de Nestor Montenar, Teresa Amayo, Jardel Mello, Francisco Milani, Ayrton Cardoso, e grande elenco; "Grito de Terror" de Andrew L. Stone, adaptado por Antônio Seabra, ao lado de Roberto Maya, José Miziara, Ariel Miziara, Ayrton CardosoFrancisco Milani e grande elenco, ambas em 1960; "Dama da Madrugada" ao lado de Ariel Miziara e Wanda Marechetti, e "Uma Casa de Loucos", adaptação do conto de Edgar Allan Poe, com Jardel Mello e Wanda Marchetti no elenco, ambas em 1961, entre muitas outras.

Telmo também se especializou em canto. Em certas ocasiões participava de programas de canto, como em 1966 que participou do programa "Recital de Poesia e Música" da Rádio Ministério da Educação e Cultura, cantando sonetos de Camões, selecionados por Valmir Aiala. Ainda por volta de 1966, deu aula de teatro na Escola de Cinema da Associação Brasileira de Arte (ABAC) situada na Rua Timóteo da Casta, 276 no Leblon.

Telmo de Avelar e a rádio-atriz Maria Muniz

No cinema participou do filme "...Und der Amazonas Schweigt" em 1963.

Além de escrever peças e novelas para a televisão, Telmo também participou de novelas como "Irmãos Coragem" (1970), "Nina" (1977), "Pai Herói" (1979) e "República" (1989). Além das novelas, fez várias participações em séries da TV Globo, como "Carga Pesada" (1979).

No Teatro que é sua origem, participou de diversas peças como "O Telefone" (1960) readaptado e interpretado por Telmo e Tereza Amayo; "A Sopa e a Moça" (1970) ao lado de Yoná Magalhães, Carlos Alberto e Ida Gomes; "Tela de Aranha" (1970), de Agatha Christie; "O Julgamento de Otelo" (1983), com texto de Lyad de Almeida e Carlos Couto, ao lado de Rodolfo Mayer, Cristina Nunes, Lícia Magna, Isaac Bardavid e grande elenco em 1983, entre outros.

Em 2002, as canções traduzidas por Telmo para o longa "A Bela e a Fera", foram utilizadas no musical da Broadway de mesmo nome estreado no Brasil. O musical teve adaptação de Cláudio Botelho.

Na dublagem entrou em final dos anos 1960, passando principalmente pela Herbert Richers aonde foi diretor e tradutor. Por volta de 1966 teve uma breve passagem por São Paulo, aonde dublou na AIC, participando de séries como "Perdidos no Espaço" e "O Túnel do Tempo". Retornou ao Rio de Janeiro por volta de de 1967/1968. Além dos trabalhos na Herbert Richers, trabalhou por algum tempo também na Dublasom Guanabara.

Sua facilidade e prática para criar, adaptar e traduzir textos para peças de teatro e rádio-novelas, fez de Telmo um especialista no tema, o que o ajudou muito quando ingressou na Herbert Richers e posteriormente como responsável Disney no Brasil com o trabalho de tradução e adaptação de textos para a dublagem. Foram 50 anos dedicados a tradução e adaptação para a dublagem para televisão e cinema.

Em 1964 foi convidado para dirigir e traduzir o longa "A Espada Era a Lei", no qual a partir daí ficou responsável pela direção e tradução dos longas-metragens Disney. O longa foi dublado na Riosom, que ficou responsável por dublar os clássicos da Disney no Brasil, empresa essa também que disponibilizava os estúdios para a gravação de discos da empresa Elenco de Aloysio de Oliveira, cantor e compositor ligado a Disney.

Em 1965 foi redublado "A Branca de Neve e Os Sete Anões" e relançado nos cinemas de todo o país. O mesmo aconteceu em 1966 com "Pinóquio". Telmo foi o responsável por essas redublagens, também participando na empresa da redublagem de "Bambi". "Mogli, o Menino Lobo" também ficou a cargo do mesmo estúdio de dublagem. Com o fechamento da empresa no início dos anos 1970, Telmo foi dirigir "Aristogatas" na Somil, empresa de Abelardo Barbosa e seu irmão Jarbas Barbosa, que se dedicava apenas ao cinema nacional.

Em 1972 deu início a Tecnisom de Carlos De La Riva, antigo dono da Ziv, empresa de dublagem pioneira no Rio de Janeiro. Os estúdios funcionam no Museu de Arte Moderna (MAM) no Rio de Janeiro, e a partir daí a empresa ficou sendo selecionada para as dublagens Disney, como a redublagem de "Dumbo", "Robin Hood", "Puff - O Ursinho Guloso" (e seus curtas), e "Bernardo e Bianca".

Com o fechamento da Tecnisom no final dos anos 1970, a Disney escolheu a Herbert Richers novamente para dublar seus longas, entre eles "O Cão e a Raposa", "O Natal do Mickey Mouse", "O Caldeirão Mágico" e "As Peripécias do Ratinho Detetive", sempre com Telmo de Avelar no comando.

Com a fundação da Delart, nova empresa de Carlos De La Riva que deu continuidade ao trabalho da Tecnisom, a Disney voltou a trabalhar com seu proprietário, começando por "Oliver e Sua Turma". Nesse período Telmo de Avelar dirigiu os mais famosos filmes da Disney, como "A Pequena Sereia", "A Bela e a Fera", "Aladdin", "O Rei Leão" e "Pocahontas".

Magalhães Graça, Ida Gomes, Selma Lopes, Antonieta Matos e Telmo de Avelar
Em 1995 entrou em seu lugar Garcia Junior, que comandou a Disney até 2011. Telmo de Avelar esporadicamente dirigia e traduzia alguma coisa para a empresa, principalmente continuações de filmes que havia dirigido anteriormente.

Entre seus trabalhos como dublador estão os personagens em desenhos, como Pateta nos anos entre 1970 e 1980, e nas duas dublagens do longa-metragem "O Conto de Natal do Mickey", o Xerife Sam Brown no longa-metragem "Nem Que a Vaca Tussa", Maggot no longa-metragem "A Noiva Cadáver", o primeiro narrador em "Os Super Amigos", Statler no longa-metragem "Muppets na Ilha do Tesouro", Cozinheiro Louis no longa-metragem "A Pequena Sereia", Toupeira no longa-metragem "Bernardo e Bianca", Pancinha em "Ursinhos Gummy", Ludovico Von Pato em curtas-metragens da "Turma do Mickey" dublados entre os anos 1960 e 1970, e na série animada "TV Quack Pack", Charlie Chan em "Charlie Chan", Trombada em "Ursuat", entre outros.

Em filmes foi a voz do ator James Stewart na segunda dublagem de "Janela Indiscreta", "O Homem Que Matou o Facínora" e "O Último Pistoleiro", alem dos atores Bert Remsen interpretado por Red Malone em "O Dia da Liberdade", Jamesir Bensonmum interpretado por Alec Guinness em "Assassinato Por Morte", Gray Suchett interpretado por Tom Bower em "Terra Fria", Landon interpretado por Robert Gunner em "O Planeta dos Macacos", O Papa interpretado por John Gielgud em "Elizabeth", Ilyich Kamenev interpretado por Laurence Olivier em "As Sandálias do Pescador", Srº Olivaras interpretado por John Hurt em "Harry Potter e a Pedra Filosofal", Padre Kovak interpretado por Rod Steiger em "Fim dos Dias", Major Henry interpretado por Bruce Cabot em "Os Comancheros", Irv interpretado por Peter Falk em "O Vidente", entre outros.

Como diretor de dublagem Telmo de Avelar começou inicialmente na Herbert Richers, depois partindo para a Tecnisom, e posteriormente para a Delart aonde mais fez trabalhos do gênero.

Entre os filmes que dirigiu estão "Charlie Brown e Snoopy" (1969), "A Fantástica Fabrica de Chocolate" (1ª Dublagem), "Hope Springs - Um Lugar Para Sonhar", "A Vida Marinha Com Steve Zissou", "Fim dos Dias", "Mudança de Hábito II - Mais Loucas no Convento", "Uma Carta de Amor", "Confissões de Uma Adolescente Em Crise", "Bater ou Correr", "Sexta-Feira Muito Louca", "O Treinador", "A Boneca Que Virou Gente", "O Livro da Selva", "Drº Mumford - Culpa Ou Inocência?", "Ben-Hur", "El Cid" (2ª Dublagem), "Os Dez Mandamentos", entre outros.

Em séries que dirigiu estão "Família Dinossauros", "Um Anjo Muito Louco", "Mudança de Comportamento", "Zack & Cody: Gêmeos Em Ação", entre outros.

Em desenhos animados dirigidos, a maioria são dos estúdios Disney, como "101 Dálmatas", "A Espada Era a Lei", "Branca de Neve e os Sete Anões" (2ª Dublagem), "Pinóquio" (2ª Dublagem), "Dumbo" (2ª Dublagem), "Bambi" (2ª Dublagem), "Mogli - O Menino Lobo" (1ª e 2ª Dublagem), "Aristogatas", "Robin Hood", "Bernardo e Bianca", "O Cão e a Raposa", "O Natal do Mickey Mouse", "O Caldeirão Mágico", "As Peripécias do Ratinho Detetive", "Oliver e Sua Turma", "A Pequena Sereia", "DuckTales", "DuckTales, O Filme: O Tesouro da Lâmpada Perdida", "Bernardo e Bianca na Terra dos Cangurus", "A Bela e a Fera", "Aladdin", "Rei Leão", "O Retorno de Jafar", "Aladdin e Os 40 Ladrões", "Pocahontas", "O Rei Leão II - O Reino de Simba", "Cinderela II: Os Sonhos Tornam-Se Realidade", "Rei Leão III - Hakuna Matata", "O Cão e a Raposa II", "Cinderela III - Uma Volta no Tempo", "Sonic X", entre muitos outros.

Como tradutor Telmo de Avelar também realizou ótimos trabalhos, como em todos os longas da Disney citados acima, pois sempre traduzia os filmes que lhe eram encarregado de dirigir.

Em filmes traduziu "Charlie Brown e Snoopy" (1969), "Fantástica Fabrica de Chocolate" (1ª Dublagem), "Fim dos Dias", "Mudança de Comportamento", "Bater ou Correr", "O Treinador", entre outros.

Morte

Telmo de Avelar faleceu na madrugada de segunda-feira, 09/01/2017, aos 93 anos. A informação da morte foi confirmada por Cida Cabral, representante do Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro, onde Telmo de Avelar morava há três anos.

De acordo com Cida, Telmo de Avelar estava internado no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, desde sexta-feira, 06/01/2017, após ter algumas complicações no seu tratamento contra um câncer.

"Ele já estava com problema pulmonar, muita dor nas pernas, com desidratação. Foi um acúmulo de coisas", relatou a representante do Retiro dos Artistas. Ela informou ainda que Telmo de Avelar deixou uma filha, Isabela, que acompanhou o pai nos últimos dias no hospital.

Fonte: Wikipédia, Casa da Dublagem e Ego
Indicação: Miguel Sampaio

Silvio Navas

SÍLVIO BENEDITO GUIMARÃES NAVAS
(74 anos)
Ator, Compositor, Dublador e Diretor de Dublagem

☼ Santos, SP (15/03/1942)
┼ Santos, SP (29/07/2016)

Silvio Benedito Guimarães Navas foi um ator, dublador e diretor de dublagem brasileiro nascido em Santos, SP, no dia 15/03/1942.

Começou a carreira na TV Excelsior. Também fez cinema e estreou no filme "2000 Anos de Confusão" em 1969. Depois fez o filme "Os Maridos Traem... e As Mulheres Subtraem" em 1970, um filme do gênero pornochanchada, trabalhando ao lado de Ney Latorraca que estava estreando pela primeira vez no cinema, e compôs com David Cardoso a música "Aleluia" para este filme. Trabalhou também em "Audácia", em 1970, novamente ao lado de Ney Latorraca, José Mojica Marins, entre outros.

Na dublagem, Silvio Navas entrou em 1960 à convite de Older Cazarré, na GravaSon, futura AIC São Paulo. Na empresa participou de alguns desenhos, como "Os Flintstones", mas sua atuação começou a ser mais forte no final dos anos de 1960 com o fim da TV Excelsior. Nessa época participou de várias séries da empresa, como "Viagem Ao Fundo do Mar", "A Feiticeira", "O Besouro Verde", entre outros.

No início dos anos 1970, foi trabalhar como diretor de dublagem na CineCastro paulistana. Dublou em São Paulo até 1977, quando mudou-se para o Rio de Janeiro e começou a trabalhar na Herbert Richers. Também entrou para a Tecnisom, Telecine, Vti e Delart, e nos anos de 1990 entrou para a Cinevídeo.


Ficou 21 anos no Rio de Janeiro, tendo voltado em 1998 para São Paulo, aonde continuou carreira na dublagem até por volta de meados dos anos de 2000, trabalhando principalmente na Álamo e Dublavídeo.

Nos anos 2000, mudou-se para Santos, no litoral paulista. Na mesma época dirigia um curso de dublagem na cidade.

Silvio Navas sempre dublou de tudo, mas sua voz sempre caiu bem para desenhos, como o Esquilo Secreto em "Esquilo Sem Grilo". O violão Darkseid em "Os Super Amigos". Foi a segunda voz do comedor de hambúrgueres Dudu em "Popeye", nas dublagens realizados do mesmo nos anos 1970 e 1980.

Também foi o conhecido violão Mumm-ra em "Thundercats", um de seus personagens mais conhecidos até os dias de hoje. Em "Os Smurfs" fez a voz do Papai Smurf, do Vaidoso e do Fazendeiro. Em "Futurama" substituiu Aldo César que havia falecido. No papel de Bender, foi a voz mais conhecida do Robô. No desenho dos anos de 1990 da "Família Addams" foi o Gómez. Em "Dragon Ball Z" foi a segunda voz do Pai da Chichi, o Rei Cutelo. Também o fez na versão da TV Globo de "Dragon Ball" e no filme "Dragon Ball Z - O Resgate de Gohan".

No cinema Silvio Navas já dublou os mais diversos atores, como Joe Pesci em clássicos como "Esqueceram de Mim", "Esqueceram de Mim 2 - Perdido em Nova York" e "Meu Primo Vinny"; o ator Kirk Douglas em "Ambição Acima da Lei", "Assim Estava Escrito", "Homem Sem Rumo", "Os Indomáveis - Draw" e "Sete Dias de Maio"; Humphrey Bogart em "Casablanca", "Horas de Desespero", "Não Somos Anjos", "O Falcão Maltês" e "Seu Último Refúgio"; Marlon Brando em "O Poderoso Chefão" (Primeira Dublagem), "Bandoleiros", "O Último Tango em Paris", "O Selvagem" e "Um Novato na Máfia"; John Goodman em "Os Flintstones - O Filme", "As Aventuras de Rocky & Bullwinkle", "De Que Planeta Você Veio", "O Maioral" e "O Poder da Corrupção"; Fred Astaire em "Bonita Como Nunca", "Ver, Gostar e Amar" e "Inferno na Torre". Além disso já dublou Omar Shariff, Spancer Tracy, Eli Wallach, Charlie Chaplin, entre outros.


Na trilogia "Star Wars", foi a voz de Darth Vader que originalmente era feita por James Earl Jones, nos filmes "Star Wars - Episódio IV - Uma Nova Esperança", "Star Wars - Episódio V - O Império Contra-Ataca" (Primeira Dublagem) e "Star Wars - Episódio VI - O Retorno de Jedi" (Primeira Dublagem).

Em séries foi a voz de Whizzer interpretado Paul Dooley na primeira dublagem de "Alf - O Eteimoso", Marujo Patterson interpretado por Paul Trinka a partir da 3ª temporada de "Viagem ao Fundo do Mar", Promotor Frank P. Scanlon interpretado por Walter Brooke em "O Besouro Verde", a primeira voz de Charles Ingalls interpretado por Michael Landon em "Os Pioneiros", Maurice Evans interpretando a si mesmo na 4ª temporada de "A Feiticeira", Drº Elias Huer interpretado por Tim O'Connor em "Buck Rogers no Século XXV", Sr. John Walton interpretado por Ralph Waite em "Os Waltons", Andrew Cooper interpretado por Dick Sargent em "Daniel Boone", além de participações em séries como "M.A.S.H.", "Magnum", entre outras.

A última produção que participou foi em 2007 na Dublavídeo, minissérie colombiana, "Zorro: A Espada e a Rosa", dublando o Sargento Garcia interpretado por César Mora.

Em 2014, participou do filme "O Indulto", ao lado dos dubladores Romeu D'Ângelo, Phillipe Maia e Ricardo Schnetzer, interpretando um Juiz.

  
Silvio Navas também era compositor, fazia parte da Sociedade Independente de Compositores e Autores Musicais (SICAM).

Silvio Navas também fez teatro. Participou de muitas peças infantis ao lado do amigo Older Cazarré. Entre elas está "O Gato de Botas", estreada no Teatro Veredas em 21/02/1970, com direção de Older Cazarré, ao lado de Gilberto Baroli, Aliomar de Matos, Maralise Tartarine e Célia Paula.

Silvio Navas foi casado com a atriz e dubladora Lígia Rinelli nos anos de 1970, não durando mais de 2 anos o casamento. Silvio Navas não teve filhos, e morava com um sobrinho em Santos.

Em 2012 sofreu um acidente, quebrou o fêmur e ficou muito tempo internado em um hospital do Sistema Único de Saúde (SUS) esperando cirurgia. Drama esse que foi acompanhado por seus seguidores nas redes sociais.

Em final de 2014, foi diagnosticado com Mal de Alzheimer, no qual muito provavelmente o fez se afastar das redes sociais e se isolar em seu apartamento em Santos.

Silvio Navas faleceu na noite de sexta-feira, 29/07/2016, aos 74 anos, em Santos, no litoral sul de São Paulo. A causa da morte não foi divulgada.

Trabalhos

  • Esquilo Secreto em "O Esquilo Sem Grilo"
  • Narrador em "Dinamite, o Bionicão"
  • Scooby-Dão em "Scooby-Doo Show" e que fazia parte de "Os Assombrados em Ho-Ho-Límpicos"
  • Gómez Addams em "Família Addams", desenho anos 1990
  • Darkseid e Vulcão Negro em "Super Amigos"
  • Narrador e todos os personagens em "Família Barbapapa"
  • Dudu (2ª voz) em "Popeye"
  • Spike e personagens secundários em "Tom & Jerry" (1ª dublagem)
  • Mumm-ra em "Thundercats"
  • Cat R. Waul em "Um Conto Americano: Fievel Vai Para o Oeste"
  • Rei Cutelo (2ª voz) e Rei Cold (2ª voz) em "Dragon Ball Z"
  • "Rei Cutelo" em "Dragon Ball" (TV Globo) e "Dragon Ball Z - O Resgate de Gohan"
  • Son Gohan em "Dragon Ball" (TV Globo)
  • Papai Smurf, Vaidoso e Fazendeiro em "Os Smurfs"
  • Bender (2ª voz) em "Futurama"
  • Chefe em "Teamo Supremo"
  • Imperador Geldon em "O Pirata do Espaço"
  • Monstro Estelar em "Silverhawks"
  • Morcegão em "As Peripécias do Ratinho Detetive"
  • Cat R. Waul em "Um Conto Americano: Fievel Vai Para o Oeste"
  • Rato em "O Natal do Mickey Mouse"
  • Coruja em "Bernardo e Bianca"
  • Percival C. McLeach em "Bernardo e Bianca na Terra dos Cangurus"
  • Deslock em "Patrulha Estelar"
  • Cy-Kill em "Gobots"
  • Trailbreaker (1ª voz) em "Transformers"
  • Coletor de Doações em "O Conto de Natal do Mickey"
  • Gripper em "Rambo" (Desenho)
  • Ketchum, o Crocodilo em "A Nossa Turma"
  • Chefe em "Disque M Para Macaco" - "O Laboratório de Dexter"
  • Zazu (1ª voz) em "Timão e Pumba"
  • Multi-Faces e Granamyr em "He-Man"
  • Dijon em "Ducktales: O Tesouro da Lâmpada Perdida"
  • Barney Bear em "Biblioteca de Desenhos Animados"
  • Whizzer (Paul Dooley) em "Alf - O Eteimoso" (1ª dublagem)
  • Marujo Patterson (Paul Trinka) em "Viagem ao Fundo do Mar" (3ª e 4ª temporadas)
  • Promotor Frank P. Scanlon (Walter Brooke) em "O Besouro Verde"
  • Charles Ingalls (Michael Landon) em "Os Pioneiros" (1ª voz)
  • Maurice Evans (Maurice Evans) em "A Feiticeira" (4ª temporada)
  • Tim O'Connor (Drº Elias Huer) em "Buck Rogers no Século XXV"
  • Srº John Walton (Ralph Waite) em "Os Waltons" (3ª voz)
  • Andrew Cooper (Dick Sargent) em "Daniel Boone"
  • Darth Vader (James Earl Jones) em "Star Wars - Episódio IV - Uma Nova Esperança", "Star Wars - Episódio V - O Império Contra-Ataca" (1ª dublagem) e "Star Wars - Episódio VI - O Retorno de Jedi" (1ª dublagem)
  • Ernest Borgnine em "Adeus a Inocência", "Crime e Paixão", "Demétrius e Os Gladiadores", "Fuga de Nova York", "Meu Ódio Será Sua Herança" e "Missão Resgate"
  • Walter Matthau em "A Justiça Fala Mais Alto", "Linhas Cruzadas", "O Espião Trapalhão", "O Homem Que Burlou a Máfia", "Piratas" e "Um Estranho Casal"
  • John Goodman em "Os Flinstones - O Filme", "As Aventuras de Rocky & Bullwinkle", "De Que Planeta Você Veio", "O Maioral" e "O Poder da Corrupção"
  • Kirk Douglas em "Ambição Acima da Lei", "Assim Estava Escrito", "Homem Sem Rumo", "Os Indomáveis - Draw" e "Sete Dias de Maio"
  • Humphrey Bogart em "Casablanca", "Horas de Desespero", "Não Somos Anjos", "O Falcão Maltês" e "Seu Último Refúgio"
  • Anthony Quinn em "A Vigésima Quinta Hora", "As Sandálias do Pescador", "Os Canhões de San Sebastia", e "Zorba - O Grego"
  • Charles Bronson em "Assassinato Nos Estados Unidos", "O Telefone", "O Lobo do Mar", "O Vingador" e "Pancho Villa"
  • Marlon Brando em "O Poderoso Chefão", "O Último Tango em Paris", "O Selvagem" e "Um Novato na Máfia"
  • Jack Lemmon em "Aeroporto 77" (1ª dublagem), "O Inquilino do 25° Andar", e "Síndrome da China"
  • Joe Pesci em "Esqueceram de Mim", "Esqueceram de Mim 2 - Perdido em Nova York" e "Meu Primo Vinny"
  • Charlie Chaplin em "O Grande Ditador", "Luzes da Ribalta", "Monsieur Verdeaux" e "Um Rei em Nova York"
  • Fred Astaire em "Bonita Como Nunca", "Desfile de Páscoa", "Inferno na Torre", e "Ver, Gostar e Amar"
  • Edward G. Robinson em "A Cidade dos Desiludidos",  "No Mundo de 2020", e "Os Dez Mandamentos"
  • Spancer Tracy em "Fruto Proibido", "Marujo Intrépido" e "O Médico e o Monstro"
  • Hoyt Axton (Randall Peltzer) em "Gremlins"
  • Ash (Iam Holm) em "Alien - O Oitavo Passageiro"
  • Agente Cedric (Omar Sharif) em "Top Secret - Superconfidencial"
  • Leon B. Little (Eli Wallach) em "Os Últimos Durões"
  • Detetive Krim (Vicent Gardenia) em "O Céu Pode Esperar"
  • Willy Wonka (Gene Wilder) em "A Fantástica Fábrica de Chocolate" (1ª dublagem)
  • Gerald O'Hara (Thomas Mitchell) em "...E O Vento Levou"
  • Dudu (Paul Dooley) em "Popeye - O Filme"
  • Ben Luckett (Wilford Brimley) em "Cocoon"
  • Edwin Stewart (Robert Duvall) em "Caçada Humana"
  • Sargento Garcia (César Mora) em "Zorro: A Espada e a Rosa"