Ruth Cardoso

RUTH VALENÇA CORREIA LEITE CARDOSO
(77 anos)
Antropóloga, Professora Universidade de SP e Primeira Dama Brasileira

* Araraquara, SP (19/09/1930)
+ São Paulo, SP (24/06/2008)

Era casada desde 1953 com Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente do Brasil, Ruth Cardoso foi a primeira-dama do País durante o mandato de seu marido, entre 1995 e 2003, embora tenha rechaçado tal título.

Ruth Vilaça Corrêa Leite nasceu em Araraquara, no interior do estado de São Paulo. Ela era filha do contador José Corrêa Leite de sua esposa, a professora e farmacêutica Maria "Mariquita" Vilaça. Tinha uma irmã gêmea, Raquel, que morreu em tenra idade. A casa em que vivia sua família ficava no centro da cidade e hoje é uma agência bancária. Ela viveu em sua cidade natal até os dezoito anos, quando se mudou para estudar Filosofia na Universidade de São Paulo (USP).

Em 1951, Ruth Leite conheceu seu futuro marido, Fernando Henrique Cardoso, então um estudante de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP. Eles se casaram em 1953 e tiveram três filhos juntos: Paulo Henrique Corrêa Leite Cardoso (1954), Luciana Vaz (1958) e Beatriz Zylbersztajn (1960).

Na década de 50, Ruth Cardoso se envolveu no estudo de movimentos feministas, étnico-raciais e de orientação sexual classificados por ela como "novos movimentos sociais”.

Doutora em antropologia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), Ruth Cardoso atuou como docente e pesquisadora na USP e em várias instituições universitárias de diferentes países, tais como a Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (Flacso/Unesco), a Universidade do Chile, a Maison des Sciences de L'Homme em Paris, a Universidade de Berkeley e a Universidade de Colúmbia.

Ela era membro associado do Centro para Estudos Latino-Americanos da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, e membro da equipe de pesquisadores do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap - São Paulo).

Ruth Cardoso, enquanto primeira-dama do Brasil, criou e presidiu o programa Comunidade Solidária, de combate à exclusão social e à pobreza, dentro de uma perspectiva emancipatória. Em 2000, ela criou a organização não-governamental Comunitas, na qual atuou até sua morte.

Ruth Cardoso faleceu no dia 24 de junho de 2008, aos setenta e sete anos de idade em sua residência, em decorrência de problemas cardíacos, apenas um dia após ter realizado um cateterismo cardíaco e recebido alta hospitalar.

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!