Mostrando postagens com marcador Modelo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Modelo. Mostrar todas as postagens

Ricardo Câmara

RICARDO CÂMARA DA SILVA
(37 anos)
Ator, Escritor e Modelo

☼ Rio de Janeiro, RJ (12/10/1963)
┼ Rio de Janeiro, RJ (28/04/2001)

Ricardo Câmara da Silva, conhecido como Ricardo Câmara, foi um ator, escritor e modelo brasileiro nascido no Rio de Janeiro, RJ, no dias 12/10/1963.

Ricardo Câmara começou a carreira em 1984 quando ganhou o 1º Concurso Garoto de Ipanema. Bonito e com porte atlético, Ricardo Câmara desfilou durante 3 anos nas passarelas de New York, onde trabalhou com Pierre Cardin e Paco Rabanne.

No final da década de 80, dedicou-se a carreira de ator e estudou na Escola de Teatro Dirceu de Matos, lugar de onde também saiu seu grande amigo, o ator Nelson Freitas.

A grande chance de Ricardo Câmara surgiu em 1990, quando interpretou o Dom Juan Serginho na novela "Barriga de Aluguel", de Glória Perez.

Sem ter novas boas chances na televisão, Ricardo Câmara se tornou escritor e dentre seus livros mais conhecidos estão "Janela da Vida", "Amor Espanhol" e "Passo X Realidade". Este último foi uma autobiografia.

Em depressão profunda por não conseguir voltar à televisão, Ricardo Câmara suicidou-se no dia 28/04/2001, com um tiro na boca em seu apartamento no Rio de Janeiro.

Fonte: Wikipédia

Elke Maravilha

ELKE GEORGIEVNA GRUNNUPP
(71 anos)
Modelo, Manequim, Jurada, Apresentadora e Atriz

☼ Leningrado, Rússia (22/02/1945)
┼ Rio de Janeiro, RJ (16/08/2016)

Elke Maravilha, nome artístico de Elke Georgievna Grunnupp, em russo Элке Георгевна Груннупп, foi uma modelo, manequim, jurada, apresentadora e atriz nascida em Leningrado, Rússia, e de cidadania alemã radicada no Brasil.

Filha do russo George Grunupp e da alemã Liezelotte von Sonden, Elke nasceu na antiga Leningrado, hoje São Petersburgo. Ela tinha seis anos quando sua família emigrou para o Brasil, fugindo de perseguições políticas do stalinismo soviético. O casal e os três filhos, privados da cidadania russa, se estabeleceram primeiramente em um sítio em Itabira, MG.

Em 1955 sua família arrendou terras em Atibaia, SP, dedicando-se ao cultivo de morangos. Em seguida, a família mudou-se para Bragança Paulista, SP, onde também cultivou a terra. De volta a Minas Gerais, foi escolhida Glamour Girl em Belo Horizonte em 1962. Foi nesse período que foi naturalizada brasileira.

Aos 20 anos, ela saiu de casa para morar sozinha no Rio de Janeiro, RJ, onde arrumou emprego como secretária bilíngue, valendo-se de sua fluência em oito idiomas, muitos deles aprendidos no próprio ambiente familiar, além de ser a mais jovem professora de francês da Aliança Francesa e de inglês na União Cultural Brasil - Estados Unidos.

Nesse meio tempo seu pai tornou-se diretor da Liquigás e foi transferido para Porto Alegre, RS. Elke então voltou a morar com a sua família em Porto Alegre entre 1966 e 1969, onde cursou cadeiras nas faculdades de Filosofia, Medicina e Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e se formou tradutora e intérprete de línguas estrangeiras.


Começou a atuar como modelo e manequim aos 24 anos, em 1969, no mesmo período em que se casou com o escritor grego Alexandros Evremidis, o primeiro de seus oito casamentos.

No início da carreira Elke conheceu a estilista Zuzu Angel, de quem se tornou amiga. Durante a ditadura militar, em 1971, Elke foi presa por desacato no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, por rasgar cartazes com a fotografia de Stuart Angel Jones, filho da amiga Zuzu Angel, alegando que ele já havia sido morto pelo Regime Militar.

Foi enquadrada na Lei de Segurança Nacional e perdeu a cidadania brasileira, o que a deixou apátrida. Só foi solta depois de seis dias após a intervenção de amigos da classe artística. Anos depois, requisitou a cidadania alemã, a única que possuía.

A história da estilista Zuzu Angel foi contada nos cinemas em 2006 no longa metragem "Zuzu Rangel". No filme Elke foi interpretada pela atriz Luana Piovani e fez uma participação especial.

Sua vida pessoal sempre foi conturbada. Morou em diversos países e teve oito casamentos, com homens de diversas nacionalidades. Fez três abortos, fruto de seus três primeiros casamentos, pois jamais quis ser mãe, e sempre achou que com seu jeito rebelde de ser, jamais poderia educar uma criança de forma digna. Contou em entrevistas que tomava pílula anticoncepcional, mas fora enganada por alguns desses maridos, que queriam ser pais, e em vez de tomar a pílula certa, Elke tomava a pílula de farinha. Após descobrir isto, começou a usar o Dispositivo Intrauterino (DIU).

Elke também foi usuária de todos os tipos de drogas ilícitas, além de todos os tipos de bebida alcoólica. Dizia que não tinha preferência por nenhum tipo de homem, e sim, que tinha pressa de namorar.

Carreira

Começou a atuar como modelo e manequim aos 24 anos, vindo a trabalhar com estilistas famosos da época e foi considerada como inovadora nas passarelas. Inicialmente discreta, com o tempo ela abriu espaço para sua extravagância.

Chamando atenção por ser bastante alta, 1,80m, e loira natural, não pensava em seguir carreira artística, já que dava aulas de língua estrangeira há alguns anos, e gostava do que fazia. Apesar disto, foi convencida por muitas pessoas, pois era considerada de uma beleza exótica para os padrões do Brasil. Aceitou os convites que vieram e começou a sua carreira com Guilherme Guimarães. Muito famosa no mundo da moda, parou de dar aulas e conquistou sucesso.

Elke fez cursos de cinema, teatro e trabalhou na televisão. Foi batizada como Elke Maravilha pelo jornalista Daniel Más, e se tornou conhecida ao ser chamada dessa forma por Chacrinha, com quem ela trabalhou durante 14 anos, a partir de 1972.

Elke Maravilha tornou-se popular na TV brasileira nos anos 70 e 80, aparecendo como jurada de programas de calouros do Chacrinha e de Silvio Santos. Nesses programas sempre usava perucas, roupas chamativas e buscava passar mensagens positivas para os espectadores.

Em 1993, estreou o "Programa da Elke", onde recebia personalidades para bate-papo e entrevistas.


Elke começou a trabalhar como atriz em "O Barão Otelo no Barato dos Bilhões" (1971), com Grande Otelo, e atuou em filmes como "Pixote, a Lei do Mais Fraco" (1980), de Héctor Babenco, "Quando o Carnaval Chegar" (1972) e "Xica da Silva" (1976), de Cacá Diegues

Por sua interpretação em "Xica da Silva", Elke Maravilha foi premiada com a Coruja de Ouro como Melhor Atriz Coadjuvante.

No teatro foi expoente do Movimento de Arte Pornô, um movimento artístico de cunho positivista brasileiro de vanguarda que começou na década de 1960 e terminou em 1982. Foi uma resistência política ao Golpe militar de 1964, e o movimento foi experimental do ponto de vista formal, politicamente progressista e socialmente não-normativo. O uso da palavra diva "pornô" foi deliberado, no entanto não houve produção de pornografia convencional, muito pelo contrário, rejeitou-se o erotismo.

Sua estréia como atriz na televisão foi em 1986 como dona de um bordel na mini-série "Memórias de um Gigolô", com direção de Walter Avancini, e a atuação lhe rendeu o convite para ser madrinha da Associação das Prostitutas do Rio de Janeiro.

Em 2016 a atriz estava em cartaz com "Elke Canta e Conta", peça itinerante sobre sua história, em que contava da sua infância na Rússia, dos casamentos e de sua vida como modelo e apresentadora.

Morte

Elke Maravilha morreu na madrugada de terça-feira, 16/08/2016, aos 71 anos. Ela estava internada havia quase um mês na Casa de Saúde Pinheiro Machado, no bairro de Laranjeiras, Rio de Janeiro, após uma cirurgia para tratar uma úlcera.

"Ela teve complicações após a operação e também tinha diabetes. Ela não estava mais respondendo aos remédios", explicou o irmão da atriz, Frederico Grunnupp. O laudo médico ainda não foi liberado, mas segundo Frederico Grunnupp a atriz sofreu falência múltipla dos órgãos por volta de 1h00.

Natasha Grunnupp, sobrinha de Elke, falou sobre os últimos dias dela no hospital: "Mesmo no hospital ela estava sempre muito feliz, sempre aquele ar de felicidade, a gente estava preocupado com as partes técnicas, vendo a situação, mas ela não. Ela passou por uma cirurgia no sábado porque um dos pontos da primeira cirurgia tinha estourado e depois disso piorou!".

O corpo de Elke Maravilha será velado às 9h00 de quarta-feira, 17/08/2016, no Teatro Carlos Gomes, no região central do Rio de Janeiro. O enterro está marcado para acontecer às 16h00, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul da cidade.

Televisão
  • 1973 - A Volta de Beto Rockfeller ... Sofia
  • 1979 - Milagre - O Poder da Fé ... Ela Mesma
  • 1986 - Memórias de um Gigolô ... Madame Yara
  • 1988 a 1991 - Cassino do Chacrinha ... Jurada
  • 1993 a 1996 - Programa Elke Maravilha ... Apresentadora
  • 1998 - Pecado Capital ... Ela mesma (Participação Especial)
  • 2004 - Big Brother Brasil 4 ... Jurada
  • 2004 - Celebridade ... Ela mesma (Participação Especial)
  • 2004 - Da Cor do Pecado ... Jurada (Participação Especial)
  • 2007 - Luz do Sol ... Urânia Szakaly
  • 2009 - Caminho das Índias ... Ela mesma (Participação Especial)
  • 2012 - Morando Sozinho ... Dona Violeta
  • 2013 - As Canalhas ... Cacala
  • 2013 - Destino: Rio de Janeiro ... Tia Selesniova
  • 2015 - Fantástico ... Ela Mesma (Quadro "O Grande Plano")
  • Show de Calouros ... Jurada


Cinema
  • 1970 - Salário Mínimo ... Modelo
  • 1971 - O Barão Otelo no Barato dos Bilhões Secretária
  • 1972 - Os Machões
  • 1972 - Quando o Carnaval Chegar ... Atriz Francesa
  • 1973 - O Rei do Baralho
  • 1974 - Gente Que Transa ... Esmeralda
  • 1976 - Xica da Silva ... Hortência
  • 1977 - Tenda dos Milagres
  • 1977 - A Força do Xangô
  • 1977 - Pastores da Noite
  • 1978 - Elke Maravilha Contra o Homem Atômico  ... Elke Maravilha
  • 1979 - A Noiva da Cidade ... Daniela
  • 1979 - O Milagre
  • 1981 - Pixote, a Lei do Mais Fraco  ... Débora
  • 1987 - No Rio Vale Tudo
  • 1987 - Romance ... Amiga de Antônio César
  • 1987 - Tanga: Deu no New York Times
  • 1988 - Wiezien Rio ... Frank
  • 1999 - Xuxa Requebra ... Iara Macedo "Macedão"
  • 2006 - Zuzu Angel ... Lieselotte
  • 2007 - Elke ... Ela Mesma
  • 2007 - Elke no País das Maravilhas ... Ela Mesma
  • 2010 - A Suprema Felicidade ... Avó de Paulo
  • 2010 - A Maravilha de Ser Elke ... Ela Mesma
  • 2011  - Fca Carla ... Lúcia
  • 2013 - Mato Sem Cachorro ... Dona Noara
  • 2013 - Meu Passado Me Condena ... Mirtes
  • 2015 - A Lenda do Gato Preto ... Angelina
  • 2015 - Super Oldboy ... Senhora
  • 2016 - Carrossel 2: O Sumiço da Maria Joaquina ... Mãe do Gonzalez

Teatro
  • Paixão de Cristo
  • Elke - Do Sagrado ao Profano
  • Viva o Cordão Encarnado
  • O Castelo das Sete Torres
  • Rio de Cabo a Rabo
  • Eu Gosto de Mamãe
  • Carlota Joaquina
  • A Rainha Morta
  • O Homem e o Cavalo
  • Orfeu da Conceição
  • O Lobo da Madrugada
  • Carlota Joaquina

Fonte: Wikpédia

Fabiane Niclotti

FABIANE NICLOTTI
(31 anos)
Modelo e Miss Brasil

☼ Gramado, RS (06/10/1984)
┼ Gramado, RS (28/06/2016)

Fabiane Niclotti foi uma modelo brasileira e Miss Brasil 2004. Era também estudante e gerente comercial de uma loja.

Foi eleita no dia 15/04/2004, a mulher mais bonita do Brasil, representando o Rio Grande do Sul, Estado com tradição em concursos de miss, já tendo eleito 11 misses Brasil. Não conseguiu classificação em Quito, Equador onde ocorreu o Miss Universo.

Como marca do seu reinado de miss priorizou o trabalho social e como principal marca de sua pessoa, mostrou que uma miss além de linda, tem conteúdo e é muito simpática.

Ficou por alguns anos morando em Londres e cursando inglês, com o dinheiro que recebeu quando sagrou-se Miss Brasil.

Fabiane Niclotti era torcedora do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.

Miss Brasil

O ano, 2004, e para chegar às medidas perfeitas de uma miss, Fabiane Niclotti submeteu-se a uma cirurgia plástica. Colocou próteses de silicone de 250 ml nos seios e chegou a 92 cm de busto, 62 cm de cintura e 92 cm de quadril. Também passou a fazer duas horas e meia diárias de malhação com personal trainer.

Mas a beleza de ssa gaúcha de Fabiane Niclotti, do alto de seu 1m82 de altura, nunca passou despercebida pelas ruas da cidade gaúcha de Gramado, onde nasceu. A combinação da pele alva, olhos verdes, cabelos escuros e corpo bem torneado serviu de chamariz para inúmeros convites para ser modelo, todos prontamente negados.

Fabiane Niclotti não era da geração que cresceu sonhando em ser miss, nem havia participado de um desfile e muito menos de um concurso de beleza. Nativa do Estado que se transformou no maior celeiro de top models brasileiras, Fabiane Niclotti nunca pensou em trilhar a carreira da conterrânea Gisele Bündchen.

"Sempre gostei de me dedicar aos estudos e de ficar perto da minha família. Como poderia conseguir isso sendo modelo?", dizia, com a voz suave e quase sem sotaque.

Depois de coroada, a estudante do segundo ano de um curso técnico de enfermagem já pode sentir na pele que a vida de Miss Brasil não é muito diferente da rotina das modelos famosas. A diferença é que a carreira de miss tem prazo de validade. "É só por um ano", enfatizou Fabiane Niclotti, que ainda na época ainda estava se habituando às poucas horas de sono e às muitas sessões de maquiagem e cabeleireiro. Também não deve sobrar tempo para namorar. Mas Fabiane Niclotti parecia não se importar, já que estava sozinha há um ano, depois de terminar um namoro de três. Ela só não escondia a saudade da família, evidente na emoção e nas lágrimas ao falar com a mãe pelo celular, três dias depois de ser eleita.

A filha de marceneiro e dona-de-casa, que nunca havia viajado de avião e o local mais distante que conhecia era Santa Catarina, viu sua vida começar a se transformar assim que recebeu a faixa de Miss Brasil, na quinta-feira, 15/04/2004.

"Costumo brincar que dormi representando um Estado e acordei com mais 26. É uma responsabilidade maior", disse ela. Independente do resultado do resultado do concurso Miss Universo, Fabiane Niclotti deixou claro que quando entregasse a coroa no próximo ano, 2005, pretendia retomar a vida de onde parou: "Vou terminar o meu curso de enfermagem e estudar administração hospitalar, tenho o sonho de fundar um pronto-socorro ou uma clínica em Gramado!".

Morte

Fabiane Niclotti foi encontrada morta na noite de terça-feira, 28/06/2016, em Gramado, RS. Segundo a Delegacia de Polícia Civil tudo indica que foi suicídio. No município, o comentário é que Fabiane Niclotti sofria de depressão. A informação foi confirmada pelo irmão da vítima, Maico Niclotti, ao prestar depoimento. Ainda segundo a apuração da Polícia, Fabiane Niclotti já teria tentado se matar outras vezes. Também de acordo com a delegacia, o irmão da modelo relatou ter tentado telefonar para ela diversas vezes ao longo do dia. Fabiane Niclotti não atendeu as ligações e então ele chamou a polícia.

Os agentes entraram na casa por volta de 22h30 e encontraram o corpo de Fabiane Niclotti. Ela estava sozinha na residência, não havia ferimentos e nenhuma lesão no corpo da moça, o que reforça a hipótese de suicídio. A perícia foi acionada e deslocada até a casa, que fica em um condomínio residencial no centro da cidade.

Muito abalado, Maico Niclotti foi o único familiar a comparecer na delegacia para prestar depoimento. O inspetor Gustavo Celiberto Barcellos  contou que a mãe de Fabiane Niclotti precisou ser hospitalizada ao receber a informação da morte da filha. Barcellos também disse que o corpo da modelo deve ser liberado pelo Instituto Médico Legal ainda na quarta-feira, 29/06/2016.

Betty Lago

ELIZABETH LAGO NETTO
(60 anos)
Atriz, Modelo e Apresentadora de TV

☼ Rio de Janeiro, RJ (24/06/1955)
┼ Rio de Janeiro, RJ (13/09/2015)

Elizabeth Lago Netto, mais conhecida como Betty Lago, foi uma atriz, apresentadora de televisão e modelo brasileira.

No início da década de 70, Betty Lago foi descoberta pelo fotógrafo Evandro Teixeira, que a ajudou a dar os primeiros passos na profissão de modelo. Sete anos depois, ela tomou coragem e foi tentar a sorte no exterior, passando 15 anos se dividindo entre as principais passarelas da França, Itália e Estados Unidos.

Modelo de carreira internacional, surgiu pela primeira vez na televisão na pele da sofisticada Natália, na minissérie "Anos Rebeldes" (1992), de Gilberto Braga. Diferentemente de outras colegas de passarela, como Mila Moreira, Ísis de Oliveira e Silvia Pfeifer, não precisou de uma fase de adaptação, resultado dos cursos de interpretação que fez, entre 1988 e 1991, já na reta final de sua carreira de modelo. Dois anos depois já era uma das protagonistas da novela "Quatro Por Quatro" (1994).

A parceria bem sucedida com o autor Carlos Lombardi se desenvolveu por diversas outras obras do novelista, como "Quatro Por Quatro" (1994), "Vira-Lata" (1996), "Uga Uga" (2000), "O Quinto dos Infernos" (2002), "Kubanacan" (2003), "Pé na Jaca" (2006) e "Guerra e Paz" (2008).

A atriz estreou como apresentadora de televisão com o programa "GNT Fashion", que também dirigiu durante cinco anos, na GNT. A partir de 2005 passou a ser debatedora do "Saia Justa", no mesmo canal.


Sua estréia no cinema aconteceu em 1976, numa ponta não creditada no filme "Dona Flor e Seus Dois Maridos", numa cena que foi cortada da montagem final.

Em 1998 realmente debutou na sétima arte em "Alô?", de Mara Mourão. Participou ainda de "Xuxa e os Duendes 2 - No Caminho das Fadas" (2002) e "Mais Uma Vez Amor" (2005).

No dia 02/02/2011, assinou contrato de cinco anos com a TV Record, depois de anos na TV Globo. Seu primeiro trabalho na TV Record foi a personagem Marizete, uma empregada doméstica, na novela "Vidas em Jogo", que estreou no dia 03/05/2011.

Em 2013 voltou as novelas interpretando a elegante Stella em "Pecado Mortal" sendo este a sua última novela.

Em 13/11/2014, Betty Lago estreou seu canal de humor no YouTube. Intitulado "Calma, Betty!", o vlog conta com a produção da Paramaker. A atriz também participou de uma esquete da Parafernalha, o episódio "Presépio", dezembro de 2014.

Betty Lago foi casada durante 10 anos com o ator Eduardo Conde, falecido em 2003, com quem teve o único filho, Bernardo, nascido em 1979.

Em 1996, a atriz se casou com o professor de educação física Guilherme Linhares. Atualmente namorava o ator Clovys Torres, que a apoiou na luta contra o câncer.

Doença

Desde que descobriu um câncer no fim de fevereiro de 2012, a vida de Betty Lago passou por uma reviravolta. A apresentadora e atriz se submeteu a uma cirurgia para a retirada da vesícula e foi surpreendida com o diagnóstico de um tumor na região do intestino. Desde então, Betty Lago começou a fazer sessões de quimioterapia e enfrentou cada etapa sem dramas.

"O Giane (o ator Reynaldo Gianecchini, que também teve câncer) virou o meu ídolo. Ele se posicionou tão bem, soube sorrir diante de um momento delicado, fiquei impressionada com a generosidade dele com a mídia, a paciência que ele teve. Isso me ajudou muito".
"Não dá para deprimir, eu consigo ver graça em tudo. Tem que ter pensamento positivo, pensar que as células boas estão combatendo as ruins. Estou na guerra. Estou valorizando ainda mais cada dia da minha vida e evito reclamar das coisas. Mentira, ainda reclamo, sim, mas na mesma hora eu me lembro que preciso parar com isso. Tem tanta coisa boa para viver. Hoje eu me sinto uma pessoa melhor."
(Betty Lago - Em entrevista ao site EGO, da Globo, em 15/11/2012)

Passada a primeira etapa da recuperação, Betty Lago retornou ao trabalho - ela gravou durante 17 dias em Búzios o programa "Detox Do Amor", da GNT, com Léo Jaime - e conseguiu fazer piada sobre os rumores de que teria tido uma recaída e serviço de Home Care. Ela explicou que foi internada na Clínica São Vicente no domingo, 11/11/2012, com quadro de desidratação e gastroenterite, e que deixou o hospital na quarta-feira, 14/11/2012, porque teria que aguardar os resultados dos exames.

"Eu não sei de onde surgem esses boatos. Eu fui ao hospital porque estava me sentindo um pouco tonta, com febre, e até me despedi do meu cachorro achando que ia voltar logo. Mas acabei ficando, porque no meu caso é importante fazer outros exames para saber se está tudo bem, não basta ficar no soro. Como estou num processo de recuperação, não existe esse negócio de entrar e sair do hospital no mesmo dia. Fiz exame de sangue, uma tomografia e os resultados estavam ótimos. Só que meu médico quis que eu ficasse internada para ver tudo isso. Achei até melhor porque eu teria que fazer esses exames dentro de três semanas e já saí aliviada", explicou Betty Lago, acrescentando que a desidratação é resultado do tratamento de quimioterapia.

"Quem está passando por isso sabe como é, sabe o que pode acontecer. Eu sei que é assim, que a minha imunidade está baixa. Mas deixei o hospital da mesma forma como entrei, a pé." 

Morte

No início de 2012, foi diagnosticada com câncer na vesícula, depois de sentir dores enquanto trabalhava na novela "Vidas em Jogo", tendo que interromper as gravações para dar início ao tratamento. Depois de uma cirurgia, começou o tratamento com quimioterapia mas, em abril de 2015 a doença voltou.

Betty Lago morreu na madrugara de domingo, 13/09/2015, no Rio de Janeiro, vítima de câncer aos 60 anos. O corpo de Betty Lago será cremado na segunda-feira, 14/09/2015, às 17:00 hs, na Capela 6 do Memorial do Carmo, no centro do Rio de Janeiro.

Televisão

  • 1992 - Anos Rebeldes ... Natália
  • 1993 - Sex Appeal ... Vicky
  • 1994 - Quatro Por Quatro ... Abigail
  • 1996 - Vira-Lata ... Walkíria
  • 1997 - O Amor Está No Ar ... Sofia
  • 1998 - Pecado Capital ... Mila
  • 2000 - Uga Uga ... Brigitte
  • 2000 - GNT Fashion ... Apresentadora
  • 2002 - Os Normais ... Tarciana (Participação Especial)
  • 2002 - O Quinto dos Infernos ... Carlota Joaquina de Bourbon e Bragança
  • 2002/2009 - Saia Justa ... Apresentadora
  • 2003 - Kubanacan ... Mercedes
  • 2004 - Os Aspones ... Patrícia Sales Santos (Participação Especial)
  • 2004 - A Diarista ... Luciana (Participação Especial)
  • 2005 - Mandrake ... Wanderléa (Participação Especial)
  • 2005 - Bang Bang ... Calamity Jane
  • 2006 - Pé na Jaca ... Morgana
  • 2006 - A Diarista ... Leda (Participação Especial)
  • 2007 - Duas Caras ... Soraya
  • 2008 - Casos e Acasos ... Magali
  • 2008 - Guerra & Paz ... Delegada Marta Rocha
  • 2009 - Caminho das Índias .... Ela Mesma (Participação Especial)
  • 2010 - Cinquentinha ... Rejane Batista
  • 2010 - A Vida Alheia ... Nadia Lenz (Episódio: "O Filme Americano")
  • 2010 - A Vida Alheia ... Nadia Lenz (Episódio: "Uma Noite na Ópera")
  • 2011 - Vidas em Jogo ... Marizete Bastos da Silva
  • 2013 - Pecado Mortal ... Stella Nolasco

Cinema

  • 1976 - Dona Flor e Seus Dois Maridos ... Zizi
  • 1989 - Somos Todos Iguais ... Prostituta 1
  • 1993 - Philadélphia ... Pontas
  • 1997 - Alô? ... Dora
  • 2002 - Xuxa e os Duendes 2 - No Caminho das Fadas ... Algaz
  • 2005 - Mais Uma Vez Amor ... Mendonça
  • 2007 - Xuxa em Sonho de Menina ... Pandora Raquel

Teatro

  • 1976 - A Verdadeira História da Gata Borralheira ... Fada Madrinha

Internet

  • 2013-2015 - Calma, Betty!
  • 2014 - Parafernalha ... Galinha (Episódio: Presépio) - Galinha

Fonte: Wikipédia e EGO

Celso Santebañes

CELSO PEREIRA BORGES
(20 anos)
Modelo

☼ Araxá, MG (30/08/1994)
┼ Uberlândia, MG (04/06/2015)

Celso Pereira Borges nasceu em Araxá, no Alto Paranaíba, em 30/08/1994, e desde menino sonhava em se tornar famoso. Os traços perfeitos do garoto e os olhos azuis herdados do pai sempre chamaram a atenção da família e dos conhecidos que costumavam comentar que ele parecia um boneco.

Ainda criança, começou a participar de concursos de beleza e, aos 15 anos, o já modelo foi escolhido entre 400 pessoas pelo ator Tony Ramos, numa visita à terra de Dona Beja, - coincidentemente, considerada uma das figuras mais belas da história - numa seleção de novos talentos. "O Tony disse que meu neto tinha o dom e deveria seguir a carreira", lembrou o avô José Pereira, de 74 anos, que o criou como filho.

Foi nessa época que o jovem adotou o nome artístico de Celso Santebañes e se mudou para São Paulo para seguir o grande sonho de se tornar famoso. Fez cursos de manequim e de teatro. "Ele era menor de idade, mas a gente apoiou. Já visitamos ele várias vezes lá e ele sempre nos visita também", contou a avó Terezinha, de 70 anos, a quem Celso chamava carinhosamente de vó-mainha.

Em São Paulo, o mineiro, de 20 anos, levou à risca o comentário que ouvia nos tempos de infância, de que parecia com um boneco, de tão bonito que era. Para isso, chegou a fazer seis cirurgias plásticas e outras intervenções estéticas e ganhou o apelido de "Ken Humano" brasileiro, em referência ao namorado da Barbie. "Essas coisas das plásticas, nós nunca gostamos muito. Mas ele é que sabe da vida dele. Mas a gente sempre torceu pra que ele se desse bem como ator e modelo", acrescentou o avô.

A trajetória de sucesso foi temporariamente interrompida desde que o modelo passou mal em dezembro de 2014, quando foi passar o Natal com a família em Araxá e teve que ser internado devido a complicações relativas à aplicação do hidrogel, produto usado principalmente para preenchimento e aumento de volume em regiões como o bumbum e as coxas, e que quase levou à morte, recentemente, a modelo Andressa Urach. Depois, Celso Santebañes foi transferido para Patos de Minas, MG, onde acabou descobrindo que seu problema era muito mais grave e não tinha nenhuma relação com o aplicação do hidrogel: ele sofria de Leucemia Linfóide Aguda Philadelphia positivo.

Reação

Foi um baque para o rapaz, que chegou a declarar estar preocupado não só com seu estado de saúde, mas com sua aparência.

"Sempre lidei com essa questão da estética e não escondo que sou muito vaidoso. Não consigo me imaginar careca. Sem falar que estou com muito medo do que possa acontecer!"

Para dar continuidade ao tratamento e iniciar as sessões de quimioterapia, ele foi removido para um hospital de melhor estrutura, o Hospital das Clínicas de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Mesmo debilitado, na segunda-feira, dia 02/06/2015, Celso Santebañes concedeu uma entrevista a um site de celebridades via WhatsApp e disse que estava bastante fraco, além de comentar que o celular era seu único passatempo e motivação naquele momento, "porque através dele recebo ligações das pessoas torcendo pela minha melhora!". Ele também tirou uma selfie.

Um dia depois, seu estado se agravou repentinamente. Ele chegou a desfalecer três vezes e sua pressão quase foi a zero. Tudo testemunhado de perto pelo avô José Pereira, que era seu acompanhante desde a primeira internação em Araxá, havia um mês. "Meu neto começou a passar mal do nada e a gente chamou as enfermeiras. Vi ele quase se acabar nas minhas mãos. Estou muito chocado com o que está acontecendo. Agora ele está inconsciente, na UTI, e não sei o que vai ser. É muito triste", contou o avô, que saiu aos prantos do hospital em Uberlândia, na quinta-feira, após visitar o neto.

Alguns parentes estavam se revezando para ver o jovem que estava em coma, respirando com a ajuda de aparelhos e com risco de morrer. A tia Marília Borges, de 42 anos, veio de Araxá para saber notícias do sobrinho, mas não teve coragem de entrar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI):

"Celso não merecia isso. Tem apenas 20 anos, uma vida toda pela frente. Ele está cheio de projetos, como o lançamento do boneco dele, o Celso Dolls, e um reality show de que ele ia participar em Los Angeles, nos Estados Unidos!"

Marília Borges citou com orgulho os programas de televisão de que Celso Santebañes já participou, como o "Agora é Tarde", "Encontro Com Fátima Bernardes", "Domingo Espetacular", "Legendários" e "Domingo Show"

"Não vejo a hora de tirá-lo daqui e, se Deus quiser, ele vai sair e ainda vai no programa do Rodrigo Faro, que eu adoro!"

Origem Humilde

Dona Terezinha, a avó que criou Celso e o irmão mais velho, Celimar, morto há três anos, com apenas 18 anos, vítima de hantavirose, passava o dia rezando e não havia contado para a filha Marli, de 44 anos, mãe dos garotos, sobre a real situação do rapaz.

"Ela não tem muito acesso a TV, jornal, essas coisas. Marli teve uns problemas de cabeça no passado e não teve condições de cuidar dos meninos. Por isso, eles viraram nossos filhos. Hoje, ela está melhor, mas mesmo assim não dá conta de lidar com isso. Nem sei se vou falar pra ela como está o Celso!"

O rapaz nunca foi muito próximo dos pais, que se separaram quando ele ainda era um bebê, e chamava pelo nome a mãe e o pai, Celso, que trabalha numa mineradora e chegou a visitá-lo algumas vezes no Hospital das Clínicas.

De acordo com os jornalistas de celebridades que vinham cobrindo o caso, Celso Santebañes sempre fez questão de ele próprio dar entrevistas contando sua história e nunca foi muito favorável que noticiassem sobre sua origem humilde.

"Mas ele nunca nos abandonou. Sempre mandou dinheiro pra gente, sempre nos ligava. Por isso, apesar de eu estar muito abalada, estou pensando em ir para Uberlândia, quero vê-lo e saber direito como ele realmente está. Estou preocupada com o braço dele, que teve uma infecção. Acho que o Hospital está cuidando dele, mas tem algo errado com esse braço porque em Patos de Minas, ele não estava com isso. Tem que olhar direito, é muito sério!"

Enquanto isso, vários admiradores do Ken seguiam fazendo preces e orando pela recuperação do ídolo, que acabou se tonando uma celebridade. Um fã, que também é modelo, chegou a fazer 20 promessas caso Celso Santebañes se cure, entre elas, a desistência do maior sonho: ser ator. Outra admiradora fundou uma página no Facebook "Força Ken Humano" para criar uma corrente positiva.

"Toda oração é bem vinda. Sabemos que há uns urubus que desejam o mal, mas a maioria está conosco e torcendo muito pelo Celso. Ele mesmo ficou mais religioso nesses últimos dias e até tirou foto com a Bíblia", revelou a tia Marília.

Até a noite de 03/06/2015, segundo a assessoria de comunicação do Hospital de Clínicas de Uberlândia, Celso Santebañes continuava internado na UTI, estável, mas com quadro grave e risco de morte.

Morte

Celso Pereira Borges morreu na tarde de quinta-feira, 04/06/2015, conforme informou em nota oficial o Hospital de Clínicas de Uberlândia, onde ele estava internado. O modelo de 20 anos estava internado desde o dia 29/05/2015, para tratamento contra leucemia. Ele lutava contra a doença desde janeiro, quando teve o diagnóstico. Celso esteve internado durante três meses e chegou a ficar em coma por um mês.

"É com pesar que o Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia informa que o paciente Celso Santebañes, portador de Leucemia Linfóide Aguda Philadelphia positivo, faleceu às 16:30 hs do dia 04 de junho de 2015 em decorrência de agravamento do quadro clínico pela pneumonia na fase de imunossupressão da quimioterapia."

Segundo Vilmar Araújo, tio de Celso, o corpo será encaminhado para o Cemitério São João Batista, em Araxá, MG, ainda na quinta-feira, 04/06/2015, onde será velado. O enterro acontecerá na sexta-feira, 05/06/2015.

"Ele estava entubado e começou a sangrar pela gengiva e pelo nariz. Teve uma parada respiratória e, infelizmente, não resistiu. Ele estava muito fraco, há muitos dias sem se alimentar. O corpo humano não aguenta, essa doença deixa a pessoa muito debilitada. Foi um choque muito grande para a família"
(Vilmar Araújo)

Quem estava com Celso no momento em que o quadro de saúde do modelo se agravou era o avô dele, José.

"O Celso não fez nenhum pedido especial. Ele não pensava na morte, achava que iria sobreviver. O sonho dele era ter um programa e dar uma casa para a Dona Teresinha, a avó que o criou!"

Fonte: Uai e G1
Indicação: Miguel Sampaio

Daniele Daumerie

DANIELE DAUMARIE
(46 anos)
Atriz, Modelo e Compositora

* Rio de Janeiro, RJ (1968)
+ Rio de Janeiro, RJ (24/08/2014)

Daniele Daumarie foi uma atriz, modelo e compositora brasileira. Na TV ela fez parte do elenco de apoio da novela "Kananga do Japão" (1989) na TV Manchete e depois participou de episódios do programa "Você Decide" na TV Globo. Também participou de dois filmes nacionais, "As Sete Vampiras" (1986) e "O Mistério no Colégio Brasil" (1988).

Daniele Daumarie casou-se com o cantor e compositor Lobão na década de 90 e com ele teve uma filha chamada Julia Daumerie.

Daniele Daumerie e Lobão
Daniele Daumerie apareceu nua ao lado de Lobão, vestido de padre, na capa do álbum "O Rock Errou", de 1986, nos clipes musicais do cantor e compôs com ele a canção "Essa Noite Não (Marcha a Ré Em Paquetá)", do álbum "Sob o Sol de Parador" (1989).

Daniele Daumerie contracenou com Cazuza no vídeo da música "Eu Queria Ter Uma Bomba", do Barão Vermelho.

Nos anos 90, formou com Karla Sabah a dupla "Bad Girls" com a qual lançou o CD "Bad Girls", famosa por hits como "Sexo" (1994).

Morte

Daniele Daumerie morreu no domingo, 24/08/2014, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O corpo foi sepultado na segunda-feira, 25/08/2014, no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.

"Minha mãe teve um AVC e faleceu domingo. Ela estava super bem, se cuidando. Estava com 46 anos!"
(Julia Daumerie)

Lobão se manifestou no Twitter sobre a morte da ex esposa: "Estou muito triste mesmo", escreveu ele, em resposta a uma seguidora.

Fonte: Wikipédia e Ego

Antônio Firmino

ANTÔNIO FIRMINO
(34 anos)
Ator, Bailarino e Modelo

* Belo Horizonte, MG (15/01/1979)
+ Rio de Janeiro, RJ (12/11/2013)

Antônio Firmino foi um ator, bailarino e modelo brasileiro. Natural de Belo Horizonte, MG e de origem humilde, começou a trabalhar aos 13 anos nos Correios e Telégrafos. Jogou basquete no Esporte Clube Ginástico de Belo Horizonte e interrompeu a carreira de atleta por causa da baixa estatura para este esporte.

Aos 18 tornou-se modelo. Foi convidado para desfilar e se encantou pelo palco. Resolveu estudar teatro e se formou pela Fundação Clóvis Salgado.

Era ator desde 2003 e seus dois maiores personagens na Rede Globo foram Apolo em "Duas Caras" (2007) e André em "Viver a Vida" (2009).

Recentemente, Antônio Firmino gravou o seriado "Homens Querem Casar e Mulheres Querem Sexo", que participa nesta quarta, 13/11/2013, do Festival Internacional de Televisão, no Rio de Janeiro.


Morte

Antonio Firmino foi vítima de morte súbita, segundo informou o cunhado do artista na manhã de quarta-feira, 13/11/2013. De acordo com Lidiomar Gomes, a família soube da causa da morte após ter acesso ao atestado de óbito emitido pelo Instituto Médico Legal.

O corpo de Antônio Firmino, que tinha 34 anos, foi encontrado dentro de casa, na Gardênia Azul, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na terça-feira, 12/11/2013. Uma equipe médica do Corpo de Bombeiros foi chamada por Débora Maria, namorada do ator, e tentou reanimá-lo na residência. Lidiomar Gomes disse que a notícia pegou a família de surpresa já que o ator estava bem de saúde e não sofria de doença alguma.

A 32ª Delegacia de Polícia instaurou inquérito policial para apurar a causa da morte de Antônio Firmino. A perícia foi feita no imóvel, onde foi encontrado material para consumo de entorpecentes. O corpo foi necropsiado no Instituto Médico Legal e entregue, no início da manhã des quarta-feira, 13/11/2013, aos familiares para sepultamento. A polícia aguarda resultado do laudo pericial.

A irmã do artista, Cássia Adriana Ferreira Firmino, afirmou que o corpo deixa o Rio de Janeiro às 23:00 hs de quarta-feira, 13/11/2013, com previsão de chegada a Minas Gerais às 6:00 hs de quinta-feira, 14/11/2013.

Segundo informações do Belo Vale Cemitério Parque, o velório será no local, na cidade de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na manhã de quinta-feira, 14/11/2013. O enterro deverá ocorrer às 17:00 hs.

A namorada de Antônio Firmino, Débora Maria, está grávida de seis meses do ator. Além do bebê que está para nascer, Antônio Firmino também deixou uma filha de seis anos.


Televisão

  • 2013 - Sangue Bom ... Evandro
  • 2011 - Morde e Assopra ... Igor
  • 2010 - Passione ... Amante de Stela
  • 2010 - Os Caras de Pau
  • 2009 - Viver a Vida ... André
  • 2009 - Toma Lá, Dá Cá ... Negão Sob-Medida
  • 2008 - Guerra & Paz ... Márcio
  • 2008 - Duas Caras ... Apolo
  • 2006 - Pé na Jaca! ... Beto
  • 2004 - Malhação ... Sérgio


Cinema

  • 2008 - Meu Nome Não é Johnny ... Médico
  • 2013 - O Casamento de Gorete ... Boy 2


Teatro (Ator)

  • Bodas de Sangue (Autor: Garcia Lorca / Direção: Amir Haddad)
  • Balcão (Autor: Jean Genet / Direção: Lenine)
  • Aurora da Minha Vida (Direção: Felipe Martins)
  • Dar Não Dói, o Que Dói é Resistir (Direção: Amir Haddad)
  • Tistu o Menino do Dedo Verde
  • Infância Perdida


Teatro (Diretor)

  • Contos Cariocas


Fonte: Wikipédia e Globo
Indicação: Neyde Almeida

Marisa Fully Coelho

MARISA FULLY COELHO
(36 anos)
Modelo, Atriz e Miss Brasil 1983

* Manhumirim, MG (1962)
+ Manhuaçu, MG (23/11/1998)

Marisa Fully Coelho foi uma modelo e atriz brasileira, eleita Miss Brasil em 11 de junho de 1983 no Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo, representando o estado de Minas Gerais. Para conquistar o título, ela derrotou outras 26 candidatas de todo o país.

Representante oficial do Brasil no concurso Miss Universo, realizado no dia 11 de julho de 1983 em St. Louis, Estados Unidos, ela não conseguiu se classificar entre as 12 semifinalistas do concurso, vencido pela neozelandesa Lorraine Downes.


O Caminho Para o Miss Brasil

Como Miss Minas Gerais, Marisa representou a cidade de Manhumirim, repetindo o feito de Monica Tanus Paixão, eleita em 1980. Não era a primeira vez que Marisa tentava ir para o Miss Brasil. Em 1979, perdeu o título de Miss Minas Gerais e, consequentemente, o direito de suceder outra mineira, Suzana Araújo dos Santos, na disputa do título nacional. O grande salto só ocorreria em maio de 1983, quando a candidata de Manhumirim arrebatou a coroa estadual num ginásio lotado da Associação Atlética Banco do Brasil, em Belo Horizonte.

No concurso municipal de 1979, Marisa sucedera a sua irmã Patrícia.


Miss Brasil 1983

No dia 11 de junho, Marisa disputou a 30ª edição do concurso de Miss Brasil, a terceira promovida pelo SBT. Nas provas de traje de gala, plástica e simpatia, a mineira perdeu para as candidatas de Mato Grosso do Sul, Denize Dermidjan, e do Rio Grande do Sul, Rejane Heiden, segunda e terceira colocadas no resultado final.

Na contagem de pontos, Marisa derrotou a candidata gaúcha por um ponto de diferença (96 a 95). Entre os jurados que elegeram a quarta Miss Brasil de Minas Gerais estavam personalidades como a apresentadora Xuxa e a vencedora do certame de 1981, Adriana Alves de Oliveira.

Concursos Internacionais

Antes de participar do Miss Universo 1983, Marisa representou o Brasil na primeira edição do concurso Miss Sudamérica (extinto), em Lima, Peru. Ficou em segundo lugar.


Carreira Artística e Compromissos

Após o concurso, Marisa participou de vários programas do SBT e chegou a atuar na novela "Vida Roubada" (1983), exibida pela rede paulista. Também foi jurada de algumas etapas estaduais do Miss Brasil 1984.

Vida Após o Reinado

No dia 2 de junho de 1984, Marisa passou o título para a paulista Ana Elisa Flores. Após o reinado, participou de júris de concursos de beleza em seu Estado e concedeu algumas entrevistas para emissoras locais. Dias antes de sua morte, Marisa planejava retornar às telenovelas e fazia cursos de interpretação.


Morte

No dia 23 de novembro de 1998, Marisa saiu da casa de uma de suas irmãs na cidade de Manhumirim, MG, com as filhas e retornava para a sua cidade de Manhuaçu, MG, quando o carro que dirigia, um Chevrolet S10, colidiu com um Chevrolet Kadett no trecho mineiro da rodovia BR-262. Marisa chegou a ser socorrida e removida para um hospital de Belo Horizonte, MG, mas já chegou sem vida, como noticiou o jornal Estado de Minas.

A morte interrompeu os planos de Marisa Fully Coelho em voltar a ser atriz. Ela deixou duas filhas: Paula, do casamento com Pedro, sobrinho do escritor Fernando Sabino, e Laura, com o compositor Carlos Colla. Marisa Fully Coelho foi enterrada em sua cidade natal.

O irônico é que, duas semanas antes, no enterro do amigo Nicolau Neto, o então coordenador do Miss Minas Gerais, Marisa deu sua última entrevista numa televisão, para o programa "Point", da TV Catuaí: "Eu só espero que Deus me deixe aqui quietinha porque ainda tenho muito o que fazer!".

Fonte: Wikipédia

Eliza Samudio

ELIZA SILVA SAMUDIO
(25 anos)
Modelo e Atriz de Filmes Adultos

* Foz do Iguaçu, PR (22/02/1985)
+ Esmeraldas, MG (09/06/2010)
(A data da morte está em processo de investigação, o mais provável é 09/06/2010)


Eliza Samúdio foi uma modelo e atriz nascida em Foz do Iguaçu, PR, no dia 22/02/1985. Filha do arquiteto Luiz Carlos Samudio e da agricultora Sônia Fátima Silva Moura. Seus pais viveram juntos em Foz do Iguaçu por um ano. Frequentemente agredida pelo marido, Sônia Fátima, por questões financeiras, acabou deixando Eliza Samudio e não pôde ficar com a filha, que tinha só 6 meses. A partir daí ela a via as vezes. Passado o tempo, Sônia Fátima foi viver no Mato Grosso do Sul, onde se casou novamente, há dezesseis anos e teve um filho. Com seu marido, explora uma pequena propriedade agrícola de produção de pimenta. Ao completar dez anos, Eliza Samudio foi morar com a mãe, em Campo Grande, MS, onde permaneceu por um ano, voltando então para a casa do pai. Quando Eliza Samudio desapareceu, Sônia Fátima não via sua filha há seis anos e se comunicava com ela apenas por telefone.

Desde os 13 anos Eliza Samudio sonhava sair da cidade natal para tornar-se modelo no eixo Rio-São Paulo, o que fez aos dezoito anos, mudando-se para a capital paulista. O advogado Jader Marques, confirmou em entrevista que Eliza Samudio fez pequenas participações em filmes pornográficos, entre 2005 e 2009, além de participar de películas para a produtora erótica Brasileirinhas.

Segundo testemunhas, Eliza Samudio e Bruno já se conheciam pelo menos desde 2008. Bruno, entretanto, afirma que conheceu Eliza Samudio em maio de 2009, num churrasco, no Rio de Janeiro. Em agosto, Eliza Samudio anunciou publicamente estar grávida, atribuindo a paternidade ao atleta. O bebê nasceu em 10/02/2010 em São Paulo, enquanto Eliza Samudio estava morando na casa de uma amiga desde que descobriu estar grávida. Ela comunicou a Bruno sobre o nascimento do neném, mas Bruno recusou-se a reconhecê-lo como seu filho. Eliza Samudio ingressou, então, com uma ação de reconhecimento de paternidade, depois de chegar a morar com o filho na capital fluminense, em hotéis pagos por Bruno. Em 04/06/2010 ela acede a um convite para ir até Esmeraldas, MG, atendendo ao atleta, que surpreendera os advogados da ação, uma vez que parecia disposto a negociar um acordo. A modelo desapareceu, então.


O Caso Eliza Samudio

O Caso Eliza Samudio refere-se aos acontecimentos que envolveram o desaparecimento da modelo e atriz Eliza Silva Samudio. Durante as investigações, uma testemunha relatou aos investigadores do caso que a moça teria sido morta por estrangulamento. Em seguida, o cadáver teria sido esquartejado e enterrado sob uma camada de concreto. O caso obteve repercussão nacional e internacional.

Reconhecimento da Paternidade

Em 29/10/2010 exames de DNA solicitado pelo advogado José Arteiro Cavalcante Lima, que representava a mãe de Eliza Samudio, comprovaram que Bruno é mesmo pai do filho de Eliza Samudio. A 1ª Vara de Família da Barra da Tijuca, também decidiu que o clube do Flamengo deverá pagar pensão ao filho, e deverá depositar, todo dia 5 de cada mês, 17,5% do valor recebido pelo atleta, além de eventuais verbas trabalhistas a que o atleta tenha direito. O clube, por sua vez, diz que isso não é possível, uma vez que o contrato de Bruno foi suspenso e ele não está mais recebendo salário. O Flamengo ainda pode recorrer da decisão.

Primeiras Agressões

Em 13/10/2009 a modelo prestou queixa à polícia dizendo que, na véspera, teria sido mantida em cárcere privado pelo goleiro e seus amigos Russo e Macarrão, e obrigada a tomar substâncias abortivas. Também acusou os dois de tê-la espancado. O Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro e a polícia daquele estado somente concluiriam os exames periciais em julho de 2010, quando o desaparecimento da modelo já era tratado como homicídio.

Proibido pela delegada Maria Aparecida Mallet, da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, de se aproximar da modelo por menos de 300 metros, o goleiro divulgou uma nota na qual negava a agressão:

"Não é a primeira vez que ela inventa esse monte de mentiras para tentar me prejudicar. Da outra vez não provou nada e não vai provar novamente, porque inventou essa história toda. Chegou ao ponto de, ontem, enviar e-mail para algumas redações de jornais do Rio dizendo que faltei ao treino do Flamengo porque estava com ela. Mas eu compareci tanto aos treinos da manhã quanto da tarde, conforme todos os jornalistas presentes puderam confirmar.
Por isso tudo decidi que só vou me manifestar através do meu advogado, que irá tomar todas as medidas cabíveis para impedir que ela continue tentando me prejudicar. Ela não se conforma porque já deixei claro que não quero nenhum tipo de relacionamento com ela. Não vou dar a essa moça os 15 minutos de fama que ela tanto deseja."
(Bruno Fernandes, 14 de setembro de 2009)

A despeito disto, em 2009 a juíza Ana Paula Delduque Migueis Laviola de Freitas, responsável por atender ao pedido de proteção solicitado, negou-o, argumentando que Eliza Samudio não tinha relacionamento íntimo com o goleiro, e que a moça estava a "tentar punir o agressor", Bruno Fernandes, "sob pena de banalizar a finalidade da Lei Maria da Penha".

A juíza então encaminhou o caso para uma vara criminal. Em sua decisão, asseverou que a Lei Maria da Penha "tem como meta a proteção da família, seja ela proveniente de união estável ou do casamento, bem como objetiva a proteção da mulher na relação afetiva, e não na relação puramente de caráter eventual e sexual". Não considerou a condição de Eliza Samudio, grávida de cinco meses.

Em comunicado divulgado em 02/07/2010, a Polícia revelou os encaminhamentos só então dados ao exame toxicológico:

"O Departamento Geral de Policia Técnico Cientifica da Policia Civil do Rio de Janeiro (DGPTC) informa que foi encontrado um grupamento de substâncias consideradas abortivas na urina de Eliza Samudio. Os peritos que analisaram o material colhido decidiram, dada a complexidade do caso, mandar o material para o laboratório da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com o qual a Polícia Civil mantém convênio a fim de confirmar 100% a análise feita pelos mesmos, excluindo qualquer possibilidade de tal grupamento pertencer a outros compostos. Segundo os peritos, a tal mistura também pode ser encontrada inclusive no consumo simultâneo de bebidas alcoólicas com fumo. Segundo o Departamento Geral de Policia Técnico Cientifica da Policia Civil do Rio de Janeiro (DGPTC), o resultado final ficará pronto na próxima segunda-feira, dia 5 de julho."
(Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro)

Diante do descaso da polícia na investigação das agressões inicialmente sofridas pela modelo, declarou Maria da Penha: "O Estado tem que responder. Ele foi negligente com o pedido de socorro dessa mulher."


Suposto Assassinato

Em 26/06/2010, a Polícia Civil de Minas Gerais declarou suspeito o goleiro Bruno Fernandes, por conta do desaparecimento da ex-amante, a paranaense Eliza Samudio, que tentava provar na Justiça que ele era o pai de seu filho, à época com 4 meses de idade. Eliza Samudio afirmou em depoimento que vinha sendo ameaçada pelo goleiro depois que contou que estava grávida em 2009, e que foi forçada a tomar remédios abortivos, foi sequestrada, espancada e teve uma arma apontada em sua cabeça, pelo próprio Bruno. Bruno foi casado com Dayanne Rodrigues do Carmo Souza e com ela teve duas filhas. Ela também é investigada, como alguns amigos de Bruno, inclusive seu carro foi periciado e sangue foi encontrado nele.

Segundo relatos de Bruno, ele conheceu Eliza Samudio e manteve relações sexuais com ela numa orgia na casa de um outro jogador do Flamengo. Bruno disse que o preservativo rompeu no ato sexual. O goleiro afirmou que festas desse tipo são comuns entre os jogadores de futebol.

De acordo com as investigações policiais, Eliza Samudio estava, antes de desaparecer, no sítio do jogador em Esmeraldas, interior de Minas Gerais, por um pedido dele, já que ela passou a gravidez em São Paulo na casa de amigas e chegou a morar em hotéis no Rio de janeiro, pagos por Bruno. Ela ainda tinha esperança de reatar o relacionamento com o goleiro. Bruno disse que ela desapareceu porque quis e abandonou a criança com um colega seu. O menino foi achado numa favela de Ribeirão das Neves e Dayanne foi suspeita de tê-lo deixado lá.

A mãe de Eliza Samudio pediu a guarda da criança, o que foi concedido pela Justiça. O pai de Eliza Samudio está pleiteando, na Justiça, a guarda do neto e o reconhecimento da paternidade por Bruno.

Em 6 de julho de 2010, um jovem de 17 anos, primo do goleiro, foi encontrado na residência de Bruno na Barra da Tijuca e afirmou ter dado uma coronhada em Eliza Samudio, que desacordada, teria sido levada para Minas Gerais, e lá esquartejada por traficantes a mando do goleiro e dada a cachorros da raça Rottweiler que teriam dilacerado seu corpo. Os ossos da modelo teriam sido concretados. Essa versão ainda não foi confirmada pela Polícia. Em 8 de julho de 2010, o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como Neném, Paulista ou Bola, e acusado de matar Eliza Samudio, foi preso pela Polícia Militar de Minas Gerais.

Cronologia do Caso

  • 2008 ou início de 2009 - Bruno, casado, conhece Eliza Samudio em um churrasco no Rio de Janeiro. Os dois começam um relacionamento extra conjugal.
  • 21 de maio de 2009 - Eliza Samudio engravida.
  • Outubro de 2009 - Grávida de cinco meses, Eliza Samudio registra queixa contra Bruno, na Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, por tentativa de sequestro, agressão e ameaça. Bruno nega ter cometido qualquer desses delitos. Após o episódio, a polícia pediu medidas protetoras que impediam o goleiro de se aproximar mais de 300 metros de Eliza Samudio e de sua família. Bruno passou a ser investigado criminalmente. Eliza Samudio fugiu para São Paulo e ficou na casa da mãe de uma amiga.
  • 10 de fevereiro de 2010 - Nasceu o filho de Eliza Samudio. Bruno não reconhece a paternidade. Segundo o advogado Jader Marques, advogado do pai de Eliza Samudio, ela move um processo na justiça para Bruno reconhecer a paternidade do filho e pagamento da pensão.
  • 4 de junho de 2010 - É o último contato feito pela família segundo o advogado Jader Marques. Amigas de Eliza Samudio contam que ela iria até Minas Gerais para conversar com Bruno, a pedido dele. A partir daí, ela não entra em contato com ninguém.
  • 9 de junho de 2010 - Eliza Samudio é supostamente assassinada por Marcos Aparecido dos Santos, o Bola.
  • 24 e 25 de junho de 2010 - Pelo 181 (Disque-denúncia), a polícia recebe denúncias que Eliza Samudio teria sido agredida, morta, suas roupas teriam sido queimadas e o corpo ocultado em um sítio do atleta Bruno em Esmeraldas, MG. Desde então o sítio é vigiado.
  • 25 de junho de 2010 - Dayane de Souza, mulher de Bruno presta depoimento junto com dois funcionários do sítio. Dayane é atuada e detida por subtração de incapaz e depois liberada.
  • 26 de junho de 2010 - O filho de Eliza Samudio é encontrado pela policia na madrugada do dia 26 na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
  • 27 de junho de 2010 - Pai de Eliza Samudio, Luiz Carlos Samudio, vai para Contagem, MG, buscar o neto que estava em um abrigo. Policiais militares e bombeiros tentaram entrar no sítio mas não conseguem pois não conseguiram um mandado judicial.
  • 28 de junho de 2010 - Luiz Carlos Samudio volta para Foz do Iguaçu com o neto. A policia faz buscas no sítio do goleiro em busca do corpo de Eliza Samudio. Foram encontradas roupas de mulher, objetos de criança além de fraldas.
  • 2 de julho de 2010 - Sônia Fátima Moura, mãe de Eliza Samudio pede a guarda do neto. Peritos examinam um carro do atleta do Flamengo, que tinha sido apreendido em uma blitz em junho, porque os documentos estavam irregulares. Segundo a polícia vestígios de sangue de Eliza Samudio foram encontrados no veículo.
  • 5 de julho de 2010 - A polícia recebe uma denuncia, dizendo que o corpo da vítima foi jogado em uma lagoa em Ribeirão das Neves, MG.
  • 6 de julho de 2010 - Um menor de 17 anos, que foi apreendido no apartamento do Bruno, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, depõe na Delegacia de Homicídios da Barra da Tijuca. Ele afirma que participou do sequestro da ex-amante do jogador, e deu coronhadas na vítima. Nas quatro páginas de inquérito em que relatam um crime atroz, Eliza Samudio teve os braços amarrados com uma corda e foi estrangulada por Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como Bola, um ex-policial. Ainda segundo o menor ouvido pela polícia, após ter estrangulado Eliza Samudio, Bola pediu para que todos deixassem o local. Depois, seguiu em direção a um canil, carregando um saco que supostamente continha o cadáver esquartejado de Eliza Samudio. Ainda segundo o adolescente, a mão de Eliza Samudio foi jogada para cachorros da raça Rottweiler.
  • 7 de julho de 2010 - A prisão preventiva de Bruno e de mais sete pessoas foram expedidas pela Justiça de Minas. O mandado de internação do jovem que prestou depoimento no dia 6 de julho. A Justiça de Rio de Janeiro também havia expedido a prisão preventiva para Bruno e Luiz Henrique Romão, conhecido como Macarrão pelo sequestro e cárcere privado de Eliza Silva Samúdio, em outubro de 2009. Bruno e Macarrão se entregam à polícia no Rio de Janeiro. Ambos foram levados para Polinter do Andaraí. Antes das 14:30 hs, os dois foram levados ao Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), Bruno e Macarrão estão na Penitenciária Alfredo Tranjan Bangu 2. Policia mineira pede a transferência imediata de Bruno e Macarrão para Minas Gerais. A 38ª Vara Criminal do Rio atendeu ao pedido e determinou na tarde de quinta-feira a transferência do goleiro Bruno e seu amigo Luiz Henrique Romão, também conhecido como Macarrão, para Minas Gerais.
  • 8 de julho de 2010 - Mãe de Eliza Samudio consegue a guarda provisória na justiça do neto de 4 meses. A criança estava na casa do avô materno em Foz do Iguaçu.
  • 9 de julho de 2010 - Bruno e os outros suspeitos no desaparecimento de Eliza Samudio são mantidos presos na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os presos estão em celas isoladas, de 6 m² e sem comunicação entre elas.
  • 30 de julho de 2010 - O inquérito é entregue. Bruno, Macarrão, Bola e mais seis pessoas são indiciadas.
  • 29 de outubro de 2010 - Exames de DNA solicitado pelo advogado José Arteiro Cavalcante Lima, representante da mãe de Eliza Samudio, comprovaram que Bruno é mesmo pai do filho de Eliza.
  • 13 de abril de 2011 - O pedido de habeas corpus de Bruno é negado.
  • 4 de maio de 2011 - O pedido de habeas corpus de Sérgio Rosa Salles (primo de Bruno) é negado.
  • 21 de junho de 2012 - A mãe de Eliza Samudio recebe uma carta anônima falando sobre o possível local onde foram deixados os restos mortais da filha.
  • 22 de agosto de 2012 - Sérgio Rosa Sales, considerado testemunha-chave do caso e primo de Bruno, é encontrado morto no bairro de Minaslândia, em Belo Horizonte. Segundo a polícia, Sérgio estava indo trabalhar quando foi perseguido por dois homens em uma motocicleta. Ele teria tentado se esconder em uma casa e foi morto com seis tiros.
  • 19 de novembro de 2012 - Início do julgamento dos réus.

Controvérsias

Muito se tem especulado se a jovem Eliza Samudio realmente morreu, ou se apenas, teria se mudado para outro país, pois até agora seu corpo não foi achado. Segundo o advogado de defesa do goleiro Bruno, Rui Pimenta, ele recebe semanalmente de três a quatro cartas sobre o desaparecimento de Eliza Samudio. Recentemente, uma carta foi entregue ao advogado afirmando que Eliza Samúdio teria ido para a Bolívia e depois viajado para a Europa. O advogado afirmou que a carta foi enviada por um presidiário que está detido no município de Governador Valadares, em Minas Gerais. Na carta, o presidiário contou que Eliza Samudio queria sair do país em 2010 e à levou para Governador Valadares, em seguida Eliza Samudio teria conseguido documentos falsos com o nome de Olívia Lima Guimarães e ido para a Bolívia e posteriormente para a Europa.

Rebatendo o que foi dito que Eliza Samudio ainda estava viva, o promotor responsável pelo caso afirmou ser uma "galhofa":

"Tenho afirmado, na simetria da galhofa da defesa, que se Eliza hoje tem esse nome, só se fosse Olívia Palito"
(Disse o Promotor)

Fonte: Wikipédia