Manuel de Nóbrega

MANUEL SOARES DE NÓBREGA
(63 anos)
Ator, Humorista, Jornalista e Político

* Niterói, RJ (18/02/1913)
+ São Paulo, SP (16/03/1976)

Manuel Soares de Nóbrega foi um ator e humorista brasileiro. Estudava Economia quando resolveu começar sua carreira artística no rádio, em 1931, ainda no Rio de Janeiro. Quando viajou para São Paulo no início da década de 1940 foi direto para o rádio e trabalhou em emissoras como Cultura, Nacional, Tupi e Piratininga.

Na TV estreou na década de 1950 tendo passado pela antiga TV Paulista, depois TV Globo e pela TV Record. Foi também jornalista e deputado estadual por São Paulo.

Sua importância para o humor de rádio e de TV foi muito grande e criou programas como "Cadeira de Barbeiro", "Programa Manuel de Nóbrega" e "A Praça da Alegria".


Seu mais famoso trabalho foi o humorístico "A Praça da Alegria", que criou, dirigiu e comandou a partir de 1957, primeiro na TV Paulista e depois na TV Record. Quando fazia esse programa conheceu o apresentador Silvio Santos, para quem acabaria vendendo seu negócio chamado "O Baú da Felicidade". Silvio Santos fez uma fortuna a partir daí, mas sempre manteve sua amizade com Manuel de Nóbrega, a quem convidou para ser diretor superintendente da sua primeira concessão de TV, a TVS do Rio de Janeiro.

Em 22 de dezembro de 1975, Silvio Santos e Manuel de Nóbrega, já muito magro e enfraquecido por um câncer, foram a Brasília assinar o documento que daria ao animador e empresário a concessão da estação, o canal 11. Muito emocionado, Silvio Santos discursou sobre a nova televisão que surgiria a partir dali. Lembrou de sua vinda a São Paulo em 1955. Citou Manuel de Nóbrega várias vezes. Em seguida, o próprio Manuel de Nóbrega foi quem tomou a palavra. Dirigiu-a aos artistas que entrariam na emissora. Fez lágrimas caírem dos olhos de Silvio Santos.

Exatos 84 dias depois disto, Manuel de Nóbrega faleceu. Meses depois, Carlos Alberto, filho dele, rompeu a amizade com Silvio Santos. Até que em 1987, após muito tempo, houve a reaproximação. E Carlos Alberto foi contratado para assumir o banco da praça de seu pai, agora no SBT. O programas está no ar até hoje.

Pelo banquinho da "A Praça da Alegria" passaram mais de duzentas personagens e os maiores humoristas brasileiros, interpretando textos e personagens cuja maioria fora criada pelo próprio Manuel de Nóbrega, que se inspirava em tipos reais que pululavam nas praças centrais de São Paulo dos anos 50/60.

Dentre os artistas que fizeram história ao passar pelo banco da praça estão Ronald Golias, (era o menino levado Pacífico), Moacyr Franco (um mendigo, que faria sucesso com o samba de carnaval "Me Dá Um Dinheiro Aí"), Canarinho, Simplício (o "Homem de Itu", a cidade pequena do interior de São Paulo, "onde tudo era grande"), Consuelo Leandro (Cremilda, a mulher do Oscar), Costinha, Zilda Cardoso (a jornaleira Catifunda, que fumava um charuto fedorento), Walter d'Ávila (o semianalfabeto que estava sempre tentando ler um livro), José Vasconcelos, Murilo Amorim Correa, Maria Teresa, Rony Rios (A Velha Surda), Chocolate e Lilico (o bêbado mal-arrumado e indignado, que tentava chamar a atenção das pessoas tocando um tambor).

Morte

Manuel de Nóbrega faleceu com 63 anos de idade no dia 16/03/1976 em São Paulo vítima de um Câncer no Pâncreas. O Corpo de Manoel de Nóbrega foi cremado no Crematório do Cemitério da Vila Alpina em São Paulo.

Com sua morte, quem assumiu o comando do programa foi seu filho Carlos Alberto de Nóbrega que até hoje o apresenta no SBT, agora com o título de "A Praça é Nossa".

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #ManueldeNobrega

2 comentários:

  1. Uma amiga era enfermeira no hospital Albert Einstein, e ela cuidou do Manoel de Nobrega, ela me disse que foi muito triste a morte dele, as dores eram insuportáveis!

    ResponderExcluir
  2. essa do rogerio cardoso ri pakas hehehe

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!